BUSCAR
BUSCAR
Coronavírus
MP pede que Justiça interrompa as testagens rápidas na Zona Norte de Natal
Juiz Francisco Seráphico Nóbrega pede esclarecimentos ao prefeito de Natal e ao secretário de Saúde sobre a testagem em massa para Covid-19
Redação
24/06/2020 | 05:02

O juiz Francisco Seráphico Nóbrega, da 6º Vara da Fazenda Pública de Natal, determinou a notificação do prefeito do Município do Natal e do secretário municipal de Saúde para que se manifestem, no prazo de 48 horas, sobre o pedido de tutela de urgência formulado pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN). O órgão pede a suspensão das testagens rápidas iniciadas nesta terça-feira (23) na Zona Norte de Natal.

Na Ação Civil Pública, o Ministério Público Estadual requer a suspensão da realização de testagem rápida no formato drive thru no Ginásio Nélio Dias.

O órgão exige que o Município comprove uma série de requisitos sobre o serviço.

A ação quer saber se todas as unidades do serviço de saúde do município têm testes rápidos o suficiente para testagem dos seus profissionais e para atender a demanda diária de pacientes com suspeita de Covid-19.

Além disso, entre outras medidas, o MP exige o Município monitore as pessoas que tiveram o resultado positivo na testagem feita na Arena das Dunas. O poder público também deve criar sistema de triagem qualificada com cadastramento prévio das pessoas que se enquadrem na categoria de público-alvo.

Enquanto isso, o serviço de testagem na Zona Norte segue até sexta-feira (26). Os testes são destinados a pessoas a partir de 60 anose portadores de comorbidades comprovadas residentes em Natal. O atendimento será feito das 8h às 17h. A permanência no interior dos veículos é obrigatória . O acesso dos carros será pela Avenida do Baião, com percurso sinalizado e orientação da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU).

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.