BUSCAR
BUSCAR
Situação ruim
Atrasos do poder público em repasses poderão causar 20 mil demissões no RN
Algumas empresas terceirizadas já estão há um ano sem receber quantias da Prefeitura do Natal e demais poderes responsáveis, aponta Sindicato
Redação
16/06/2016 | 14:41

Cerca de 20 mil trabalhadores poderão ficar desempregados no Rio Grande do Norte ao longo dos próximos meses. O diagnóstico foi dado pelo presidente do Sindicato das Empresas Prestadoras de Serviço do Rio Grande do Norte, Edmilson Pereira, em virtude do grande atraso no repasse das verbas às empresas que prestam serviços terceirizados no Estado.

Segundo Edmilson, o saldo devedor do Governo do Estado, da Prefeitura do Natal e da Prefeitura de Macaíba, juntas, já somam aproximadamente R$ 65 milhões. “A maioria das empresas estão sem receber qualquer tipo de repasse há cinco meses, mas existem outras que não recebem nada desde junho do ano passado, ou seja, há um ano”, denunciou ao Portal Agora RN.

O presidente admite que os patrões já estão chegando em seus limites e, em breve, deverão praticar demissões em massa caso nenhuma providência seja tomada por parte do Governo e das Prefeituras na tentativa de quitar (ou amenizar) o rombo financeiro causado nestas empresas.

“Ninguém está suportando esse atraso. Todos os empresários entraram em seus limites financeiros e até mesmo de patrimônio. Não estão conseguindo mais dar prosseguimento ao trabalho. Infelizmente, as demissões virão no momento em que não conseguirem mais pagar absolutamente nada”, encerrou.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.