BUSCAR
BUSCAR
Instabilidade
Ministério da Saúde investiga ataque em site para inscrições no Mais Médicos
Grande número de acessos simultâneos recebido no sistema é 'característico de ataques cibernéticos' e pasta está investigando o caso
Estadão
21/11/2018 | 12:25

O site do programa Mais Médicos saiu do ar três horas após o início das inscrições no novo edital de contratação de profissionais após a saída de Cuba. O Ministério da Saúde diz que o grande número de acessos simultâneos recebido no sistema é “característico de ataques cibernéticos” e está investigando o caso.

A pasta afirmou ter recebido um milhão de acessos, mais do que o dobro do quantitativo de médicos em atuação no País. Apenas na primeira hora de início da inscrição, foram recebidas 2 mil inscrições, segundo a pasta. O prazo é até o dia 25 de novembro e o início das atividades está previsto para 3 de dezembro.

Primeiro, o governo afirmou que o sistema estava instável em função do “grande número de acessos”. Depois, ministério informou que investiga suspeita de ataque ao site.

Em nota divulgada por volta das 13h desta quarta-feira, 21, o ministério informou que, apesar da instabilidade, foram feitas em três horas de abertura do sistema 3.336 inscrições. O ministério sugere que interessados devam manter a tentativa de acesso. Não haverá alteração do cronograma de inscrição.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.