BUSCAR
BUSCAR
Solidariedade
Menino que usava internet de açougue para estudar na rua ganha mais de R$ 80 mil
Willian mora em um distrito a cerca de 30 km de Goiânia e foi um dos milhões de brasileiros que tiveram a vida afetada pelo coronavírus
Redação
14/06/2020 | 09:40

Um menino sentado no banco de uma praça, com caderno e celular na mão. Pode parecer uma cena comum, mas no caso de Willian Vieira, de 13 anos, é um esforço para conseguir estudar. A história do menino de Goiás, que estudava na rua para aproveitar o sinal de Wi-Fi de um açougue teve um final feliz: com a repercussão do caso, ele ganhou mais de R$ 80 mil em uma vaquinha online.

Willian mora em um distrito a cerca de 30 quilômetros de Goiânia e foi um dos milhões de brasileiros que tiveram a vida afetada pela pandemia do novo coronavírus: sem internet em casa porque a família precisou cortar gastos, ele passou a estudar todos os dias na praça em frente ao açougue para conseguir acessar os conteúdos.

E o celular utilizado pelo menino também não veio fácil: “Eu juntei latinha por um bom tempo, aí o dinheiro que eu ganhei com as latinhas eu fui lá e comprei ele”, contou ao SBT. Aluno do 8° ano da rede pública, Willian conta que estuda para conseguir se tornar engenheiro ou jogador de futebol.

*Com informações do Metrópoles e BHAZ

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.