BUSCAR
BUSCAR
Entretenimento
Will Smith x Chris Rock: relembre o histórico de provocações do comediante a Jada Pinket Smith
Em 2016, Rock já havia feito piada sobre o casal na cerimônia do Oscar
Agência O Globo
28/03/2022 | 17:23

O climão tomou conta da cerimônia do Oscar, neste domingo (27), quando Will Smith deu um tapa em Chris Rock no palco do Dolby Theatre, logo após o comediante e apresentador da noite ter feito uma piada sobre Jada Pinkett Smith por conta de sua calvície. Pouco depois da agressão, Will Smith foi anunciado como o vencedor do Oscar de melhor ator, por seu trabalho em “King Richard”. Em seu discurso de agradecimento, o ator chorou e pediu desculpas pelo tapa: ‘Amor me força a fazer coisas doidas’.

Não foi a primeira vez que Chris Rock provocou a esposa de Will Smith. Em 2016, o casal de atores não compareceu à cerimônia do Oscar por conta do boicote à Academia pela falta de atores negros na premiação. Chris Rock disparou: “Jada fazendo boicote ao Oscar é como eu fazendo boicote às calcinhas de Rihanna… não fui convidado”.

Na mesma noite, o comediante também cutucou Will Smith: “Não é justo que Will atuasse tão bem (no filme “Um homem entre gigantes”) e não fosse indicado, mas também não é justo terem pago a ele US$ 20 milhões por Wild Wild West”, disse ele, em referência ao filme de 1999.

Mais recentemente, em 2018, Will Smith fez um post nas redes parabenizando Sheree Zampino, mãe de seu primeiro filho, pelo seu aniversário. Chris Rock comentou: “Uau! Você tem uma esposa muito compreensiva”, em referência à Jada.

O tapa, apesar de parecer cenográfico, não estava no roteiro da premiação. Na ocasião, Will Smith exclamou palavrões, algo terminantemente proibido em eventos ao vivo na TV americana.

“Deixe o nome da minha mulher fora da p**** da sua boca”, gritou o ator, após dar o tapa na cara de Chris Rock e voltar para a plateia.  Na sequência, Jada e Denzel Washington conversaram com Will Smith e o acalmaram. Ambos trocaram palavras sobre o ocorrido enquanto Jada se ajoelhava, em tom de desespero, diante do marido.

Will Smith reagiu a uma piada de Chris Rock sobre sua mulher, a atriz Jada Pinkett Smith, em tratamento contra uma doença autoimune chamada alopecia, que gera calvície. No palco, Chris Rock comparou Jada à personagem Jordan O’Neil, interpretada pela atriz Demi Moree no filme “Até o limite da honra” (1997). No longa, a personagem tem o cabelo raspado porque faz parte da Marinha.

— Eu sei que em nossa profissão temos que ser capazes de aceitar abuso, ouvir loucuras, ouvir pessoas nos desrespeitando, sorrir e fingir que está tudo bem. Então Denzel Washington me disse, e eu adorei ouvir isso, que “nos meus melhores momentos, preciso ter cuidado, pois é aí que o diabo vem” — contou Will Smith, chorando, após a confusão. — Quero ser um caminho para o amor.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.