BUSCAR
BUSCAR
Walter Alves endurece discurso e cobra do Planalto solução para crise hídrica no RN

21/05/2015 | 18:57

O deputado federal Walter Alves, vice-líder da bancada do PMDB na Câmara, falou no plenário da Casa, nesta quinta-feira (21) sobre a crise hídrica que atinge os municípios potiguares e cobrou do governo federal planejamento financeiro e ações resolutivas que solucionem o problema.

Walter externou a preocupação de evitar atrasos em repasses de recursos federais, bem como uma ação planejada do Governo Federal para a situação que é das piores da história. “Precisamos, com planejamento, estratégia e, principalmente, ação dar segurança hídrica para meio mihão de pessoas e dar melhor qualidade de vida para a população do Rio Grande do Norte. Vamos acompanhar o caso de perto para melhorarmos a situação”, avisou.

O parlamentar destacou que os níveis dos reservatórios potiguares que estão todos com níveis baixos e que a população é a principal atingida com a falta de água. “Temos reservatórios com cerca de 30% da capacidade, o que já é pouco, mas também temos alguns em colapso, praticamente secos, como é o caso do reservatório de Pau dos Ferros, um dos principais do Alto Oeste com 0,71% da capacidade e o Gargalheiras em Acari, um dos principais do Seridó, com 13,08%. Precisamos de medidas resolutivas realmente efetivas para minimizar esse problema que impacta diretamente na vida dos potiguares”, pontuou.

O peemedebista ainda lembrou que a seca causa impacto direto na economia potiguar. Segundo ele, durante o governo de Garibaldi Alves Filho, quando foi desenvolvido o maior programa de adutoras do Rio Grande do Norte, a pecuária potiguar representou 8% do Valor Agregado Bruto (VAB) potiguar. E hoje, após anos de seca e de falta de grandes investimentos, o setor representa apenas 2%.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.