BUSCAR
BUSCAR
Réveillon
Virada tem festas com aglomerações em Pipa e São Miguel do Gostoso; VÍDEO
Imagens registram desrespeito às regras de combate ao novo coronavírus em Pipa e São Miguel do Gostoso, famosos destinos turísticos do Estado potiguar
Redação
01/01/2021 | 08:44

O cenário em Pipa, no litoral Sul potiguar, e em São Miguel do Gostoso, no litoral Norte, foi de grandes festas e aglomerações na virada para 2021. Os eventos, que acontecem desde o último dia 27, foram autorizadas pelas prefeituras de cada município. Nas imagens, compartilhadas nas redes sociais, é possível visualizar diversas pessoas sem máscara.

Os vídeos registram desrespeito às regras de combate ao novo coronavírus nos famosos destinos turísticos do Estado potiguar, logo em um mês de recorde de casos da Covid-19 confirmados. Dezembro é o período com o maior número de casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia no Rio Grande do Norte. Foi registrado até esta quinta-feira 31 um total de 22.960 infecções.

Os dados de dezembro superaram o recorde de casos registrados do mês de junho, até então considerado o pico da pandemia no Rio Grande do Norte, que somou 22.885 casos da doença. Os números de dezembro, inclusive, foram 64,62% superiores que os registrados em novembro, com um total de 13.947 casos da doença.

O que fizeram as prefeituras?

As prefeituras de Tibau do Sul e São Miguel do Gostoso publicaram decretos sobre as normas para a realização das festas, cobrando a apresentação de exames de Covid-19 e também respeito às normas de segurança sanitária. Em São Miguel do Gostoso, há uma barreira sanitária na entrada da cidade aferindo a temperatura das pessoas que chegam ao município. Porém, não houve registro de intervenção por parte da polícia, guardas municipais ou órgãos de fiscalização nos municípios.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.