BUSCAR
BUSCAR
Confusão
VÍDEO: Adolescentes queimam pedaços de colchões e causam confusão no Case de Mossoró
Adolescentes pediam a retomada das visitas interrompidas devido ao aumento de casos da Covid-19
Redação
03/03/2022 | 10:30

Adolescentes queimaram colchões e estenderam uma bandeira relativa a um facção criminosa, na tarde desta quarta-feira 02, em protesto no Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Mossoró – na Região Oeste potiguar. Segundo a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fundase), os jovens reivindicavam sobre a retomada das visitas pausadas devido ao aumento de casos da Covid-19.

Durante o fim da tarde, os adolescentes bateram nas grades e queimaram pedaços de colchões. “O fogo foi prontamente apagado pelos agentes socioeducativos e a unidade seguiu os procedimentos de segurança, isolando os adolescentes que lideravam o movimento. A situação foi controlada rapidamente e sem intervenção policial. A PM foi acionada e acompanhou o episódio dando suporte durante a revista e extração dos internos”, disse o Case por meio de nota.

Ainda de acordo com o Case, houve diálogo com os jovens antes do acontecimento. “Entre os dias 16 e 18 de fevereiro, o Núcleo de Segurança Institucional da Fundase realizou mais um treinamento com os agentes socioeducativos do Case Mossoró, abordando segurança institucional, Manual de Segurança e Regimento Interno. Na ocasião, a Gerência do Atendimento socioeducativo conversou também com os adolescentes sobre a entrada de TVs e ventiladores nos alojamentos, além de produtos de higiene pessoal, e a retomada de visitas nesta semana, após pausa feita como medida de prevenção à covid-19”, afirmou o comunicado encaminhado ao Agora RN.

A Fundação ainda investiga as circunstâncias da movimentação, diante do acordo já estabelecido.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.