BUSCAR
BUSCAR
Incidente
VÍDEO: Raios matam gado pela terceira vez na mesma região após chuvas no interior do RN
Vaca foi encontrada morta hoje pela manhã no município de São Francisco do Oeste, no interior do RN
William Medeiros
16/03/2022 | 11:54

Pela terceira vez em menos de duas semanas a região do Alto Oeste potiguar tem registros de gado morto devido a incidência de raios, após as chuvas. Segundo relato feito pelo produtor rural, Ivanildo Urbano Torres Torquato, uma de suas vacas foi vítima da situação durante a manhã desta quarta-feira 16. O homem mora no município de São Francisco do Oeste.

Ivanildo só se deu conta da situação por volta das 06 horas no Sítio Tigre. “Quando amanheceu o dia fui tirar o leite das vacas e dei a falta de uma delas. Quando fui procurar, encontrei uma delas morta”, disse. O animal é avaliado em R$ 5 mil, segundo o produtor rural.

É a primeira vez que a situação acontece com ele, mas não foi o primeiro caso na região. “Em um raio de 50 ou 60 quilômetros é a terceira vez dentro de duas semanas. A primeira foi no município de Rodolfo Fernandes, que matou cinco bichos e teve outra perto aqui no Sítio chamado São Gonçalo, que dá uns 30 quilômetros daqui, matou mais dois e, no amanhecer de hoje, matou essa aqui. Ta ficando meio cruel a situação”, disse.

Outro morador da cidade de São Francisco do Oeste, o agricultor Francisco Idaecio também lamentou a situação.”É o segundo raio no município de São Francisco do Oeste vitimando animais”, disse.

O Agora RN entrou em contato com o meteorologista Gilmar Bistrot, que explicou o motivo da incidência de raios na região. “Esse tipo de nuvem cumulonimbus, que dá origem a descargas elétricas, precisa de alguns mecanismos para se formar. Um deles é o relevo, que tem muito nessa região. Nesta época do ano tem muita formação de cumulonimbus e, ocasionalmente, muita descarga elétrica”, disse.

O meterologista ainda explicou porque os gados acabam morrendo atingidos por raios. “Quando chove, o gado vai para debaixo da arvore se proteger. A árvore é condutora de energia e o chão molhado também contribui para a descarga elétrica”, comentou.

O que fazer para evitar a morte de gado por descarga elétrica?

Segundo Gilmar Bistrot, é importante não deixar os animais na chuva. O ideal é fazer uma estrutura com cerca e teto, de modo que os bichos fiquem longe de arame farpado, pois o metal também conduz energia. Além disso, o gado não pode ficar em contato com árvores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.