BUSCAR
BUSCAR
Yrahn Barreto
Vida dedicada à arte
Poeta e filósofo por essência, Yrahn reflete sobre o futuro da humanidade ao crer que “o mundo dificilmente será o mesmo”
Pedro Trindade
18/05/2020 | 06:00

A arte de cantar sobre as nuances da existência humana lança luz sobre o dom de Yrahn Barreto de convidar quem o ouve à reflexão. Com músicas inéditas e do atual álbum “Eu e a Máquina” (2018), o cantor fará um show ao vivo durante o Festival DoSol, às 18h desta segunda-feira (18), transmitido pelo YouTube do DoSol (dosoltv).

Convocada pelo idealizador e produtor do festival, Anderson Foca, a apresentação de Yrah terá no repertório canções dos últimos dois álbuns, “Eu e Máquina” e “Ao gosto dos Anjos” (2016), além de algumas produções inéditas concebidas na quarentena e um momento para contar sobre seu trabalho, sua vida e suas histórias.

Após a live, que terá duração de uma hora, as duas canções produzidas durante o isolamento social, “Quando eu viajar de novo” (2020) e “Tempo de viver” (2020), serão postadas no canal do DoSol.

Para o artista, que dedica 27 dos 40 anos vividos à composição, instrumentalização e produção musical, as novas tecnologias permitem fidelizar e alcançar novos públicos. “Eu sinto falta do calor dos shows presenciais, porém estou vivenciando esse momento de lives que permitem alcançar diversas regiões do País. Recententemente, participei de um festival que acontece todo ano em Vitória (ES) em homenagem ao compositor capixaba Sérgio Sampaio, onde tive a grande felicidade de estar junto com grandes artistas, como Tatá Aeroplano e Zeca Baleiro”, comenta.

Vanguarda na inovação de produção digital no Estado, Yrahn Barreto gravou parte do álbum de trabalho através de um celular. “Utilizei a interface Irig e o aplicativo Garage Band em um iPhone SE para produzir algumas canções que estão disponíveis no Spotify e YouTube”, revela o potiguar, ao indicar a tecnologia como meio de aproximação entre as pessoas neste período de pandemia de Covid-19.

“Compreendo que o momento em que vivemos é delicado e necessário para a humanidade. Tenho visto um esforço grande de todos que produzem arte e cultura no País e no mundo. Devemos seguir criando alternativas para manter viva as nossas esperanças, a solidariedade e a união. Neste momento, a parceria tem um valor essencial. Agora é hora de reinventar, se cuidar e cuidar dos outros”, aconselha.

Em tempos de distanciamento físico, Yrahn se aproxima da inspiração e projeta novos trabalhamos para quando a terra voltar a girar sem Covid-19. “Tive que interromper alguns processos por causa do isolamento, como a gravação do meu quarto álbum. Mas estou compondo muitas canções, algumas sozinho, outras em parceria com novos parceiros, sobre os sentimentos que tem me abraçado nesta quarentena”, anuncia.

Poeta e filósofo por essência, Yrahn reflete sobre o futuro da humanidade ao crer que “o mundo dificilmente será o mesmo” e, por isso, “temos que ter muita atenção para o que virá. Nada acontece por acaso. O cuidado, o respeito, a atenção e o amor para com próximo é um fator decisivo para o nosso futuro. Devemos exercer a solidariedade e a humildade. Tudo isso que está acontecendo tem colocado o ser humano em reflexão para o entendimento da nossa própria existência”.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.