BUSCAR
BUSCAR
Investigação
Vice-presidente da CPI, Randolfe quer acessar dados telefônico, fiscal e bancário de Pazuello
Objetivo é investigar se militares escolheram, sem licitação, empresas para reformar prédios antigos no Rio de Janeiro
Metrópoles
19/05/2021 | 16:50

O vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid , Randolfe Rodrigues (Rede-AP), encaminhou ao colegiado, nesta quarta-feira 19, um requerimento solicitando a transferência dos sigilos telefônicos, fiscal, bancário e telemático do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello .

O senador é também autor de requerimento que pede a quebra total de sigilo do ex-secretário de Comunicação Social da Presidência da República Fabio Wajngarten. O pedido compreende o período de 2020 até o dia em que o requerimento foi protocolado.

Randolfe afirma que a necessidade de transferência de sigilo decorre de “gravíssima revelação” feita pelo Jornal Nacional, na noite de terça-feira (18/5). O programa revelou que, na gestão de Pazuello, militares escolheram, sem licitação, empresas para reformar prédios antigos no Rio de Janeiro.

“A Advocacia Geral da União identificou dispensas de licitação a duas empresas contratadas para: reformas de galpões na zona norte da capital; e a reforma na sede do Ministério da Saúde no estado do RJ ”, acrescenta o senador na justificativa.

Segundo o vice-presidente do colegiado, o objetivo é “verificar se há indícios de conluio entre servidores e empresas contratadas.

“Os pontos reconhecem que os prédios precisam de reformas, mas afirmam que agora só seria possível fazer obras ligadas à segurança e nada mais. É essencial, dessa forma, que essa Comissão averigue os relatos feitos na imprensa sobre essas possíveis fraudes, na medida em que, se comprovados, revelarão o cometimento de crimes e atos de improbidade administrativa ”, completou.

Em outro requerimento, o senador pediu a quebra de sigilo do coronel da Reserva do Exército George da Silva Divério, de 57 anos. O militar foi nomeado pelo Ministério da Saúde para ser o coordenador dos seis hospitais federais no Rio de Janeiro.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.