BUSCAR
BUSCAR
Mundo
Homem morre após esquecerem tesoura dentro do estômago depois cirurgia
Família de Iván Chávez, de 59 anos, acusa equipe médica de negligência
Agência O Globo
31/03/2022 | 17:39

Um paciente morreu na Venezuela alguns dias depois de passar por uma cirurgia por diverticulite inflamatória, num caso que sua família acusa a equipe médica de negligência. Iván Chávez, de 59 anos, sentiu incômodo após a operação e, por meio de uma radiografia, foi constatada a presença de uma tesoura dentro de seu estômago. A ferramenta teria sido esquecida ali durante o procedimento cirúrgico, conforme relatou sua filha, Isamar Chávez, ao jornal “Noticia Al Día”.

Segundo Isamar, seu pai apresentou desconforto abdominal, engasgava e teve dificuldade para evacuar, embora ele não tenha precisado ir para a UTI nos dias que se seguiram a cirurgia.

Internado num quarto do Hospital Universitario de Maracaibo, o paciente representou um mistério para os médicos, que lhe deram medicamentos sem conseguir, porém, aliviar suas dores. As respostas só vieram após a radiografia mostrar claramente a tesoura em seu corpo, no último dia 24. Foi realizada então uma nova cirurgia, mas Iván morreu cinco dias depois

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.