BUSCAR
BUSCAR
Pandemia
Vacinação vai demorar e entrar em 2022, diz presidente da FenaSaúde
Presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar afirmou ainda que não vê, por enquanto, o setor privado ajudando na campanha de vacinação. "Essa campanha, maciça, deve ser um dever do Estado, do SUS, do Ministério da Saúde", destacou
Estadão
14/12/2020 | 19:40

O presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), João Alceu, acredita que vai demorar para que toda a população brasileira seja vacinada contra a covid-19, com perspectiva de o processo entrar pelo ano de 2022. “Vai demorar para cobrir os 200 milhões de brasileiros. Com certeza vai parar 2021 e vamos entrar em 2022”, disse o executivo, durante coletiva de imprensa.

Alceu afirmou ainda que não vê, por enquanto, o setor privado ajudando na campanha de vacinação. “Essa campanha, maciça, deve ser um dever do Estado, do SUS, do Ministério da Saúde, em um primeiro momento”, destacou.

Além disso, não há perspectivas de as seguradoras deixaram o home office e voltaram a fazer eventos presenciais, disse o presidente da CNSeg, Márcio Coriolano. “Não temos data para voltar. Estamos trabalhando com a premissa básica de que não vamos colocar em risco a saúde dos colaboradores das empresas do mercado de seguradoras, de jeito nenhum”, explicou o executivo, destacando que tem voltado a aumentar a ocupação dos hospitais.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.