BUSCAR
BUSCAR
Posição
UFRN e IFRN se posicionam contra casos de violência por motivação política
Universidade Federal o Rio Grande do Norte (UFRN) e o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) lançara notas oficiais em repúdio aos casos de violência motivados por questões político-partidárias
Redação
13/10/2018 | 11:23

A Universidade Federal o Rio Grande do Norte (UFRN) e o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) lançara notas oficiais em repúdio aos casos de violência motivados por questões político-partidárias.

Na última semana, segundo denúncias feitas em redes sociais, dois casos de agressão foram registrados na UFRN.

A UFRN divulgou que tomará as medidas legais cabíveis para evitar que atos de intolerância aconteçam dentro do ambiente universitário. Por sua vez, o IFRN aponta que o diálogo e a educação são os “caminhos para superar o momento de tensão e construir um país com mais inclusão e democracia”.

Leia as notas:

A UFRN contra a intolerância e na defesa da Democracia

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) vem a público reiterar sua postura de defesa da pluralidade de pensamento e de respeito às liberdades políticas e individuais, ao mesmo tempo em que repudia veementemente todo ato de violência a qualquer cidadão brasileiro. Entende-se que a existência da Universidade, pilar do desenvolvimento científico e tecnológico nacional, depende do exercício da liberdade de opinião, caracterizando-se como um espaço incompatível com qualquer forma de intolerância ou opressão.

A UFRN externa sua preocupação e lamenta profundamente a disseminação de atos de constrangimento e violência física e moral, ocorridos em todo o país por motivação político-eleitoral, inclusive os que atingem membros da sua comunidade universitária.

Caminho para construir um país justo, inclusivo e democrático, a UFRN, como instituição federal de ensino superior pública, gratuita, autônoma e de qualidade, adotará todas as medidas legais cabíveis para coibir que atos de violência se repitam no âmbito da Instituição, da mesma forma em que manterá sua postura incondicional de defesa da Democracia e contra todo tipo de preconceito e discriminação em nosso país.

Nota do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN)

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), diante de casos de agressão sofridos por cidadãos de todo país, inclusive da Instituição, devido ao momento político-eleitoral, torna público seu posicionamento de defesa às diferenças e direitos de expressão garantidos pela democracia.

Os casos de intolerância também foram citados em nota pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com a qual o IFRN se solidariza e se une como instituição de ensino pública, autônoma e de qualidade referenciada socialmente. Desse modo, lamenta os casos de violência física e moral sofridos por qualquer cidadão e aponta o diálogo e a educação como caminhos para superar o momento de tensão e construir um país com mais inclusão e democracia.

O posicionamento toma como base um dos principais norteadores das ações do Instituto, a sua função social, a qual enfatiza o compromisso com a formação humana integral, o exercício da cidadania e a produção e a socialização do conhecimento, “visando, sobretudo, à transformação da realidade na perspectiva da igualdade e da justiça sociais”.

Wyllys Farkatt Tabosa, reitor, representando o Colégio de Dirigentes do IFRN

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.