BUSCAR
BUSCAR
Guerra

Ucrânia diz que condições de cessar-fogo de Putin são “absurdas”

País diz Rússia tenta enganar as potências mundiais e minar os esforços genuínos de paz
Redação
14/06/2024 | 20:05

A Ucrânia rejeitou as condições de cessar-fogo anunciadas pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, nesta sexta-feira 14, destacando que são “absurdas” e que o líder russo estava tentando enganar as potências mundiais e minar os esforços genuínos de paz.

Putin disse em um discurso que a Rússia encerraria a guerra na Ucrânia somente se Kiev concordasse em abandonar suas ambições de integrar a Otan, a aliança militar ocidental, e entregar a totalidade das quatro províncias reivindicadas por Moscou.

Um tanque ucraniano T-64 em serviço de combate no distrito de Bakhmut em 8 de dezembro / Foto: Kostya Liberov/Libkos/Getty Images
Um tanque ucraniano T-64 em serviço de combate no distrito de Bakhmut em 8 de dezembro / Foto: Kostya Liberov/Libkos/Getty Images

O Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia descreveu o caso como “declarações manipuladoras destinadas a enganar a comunidade internacional [e] minar os esforços diplomáticos para alcançar uma paz justa”.

“É absurdo que Putin, que planejou, preparou e executou, junto com seus cúmplices, a maior agressão armada na Europa desde a Segunda Guerra Mundial, se apresente como um pacificador”, acrescentou o ministério.

Em outra declaração, o assessor presidencial ucraniano Mykhailo Podolyak disse à Reuters que “não havia possibilidade de encontrar um acordo” levando em consideração a declaração de Putin e as condições da Ucrânia para encerrar a guerra.

“Ele está oferecendo à Ucrânia que admita a derrota. Ele está oferecendo à Ucrânia que legalmente entregue seus territórios à Rússia. Ele está oferecendo à Ucrânia que assine sua soberania geopolítica”, ponderou Podolyak.

Putin fala de plano de paz antes de cúpula

Putin falou na véspera de uma conferência na Suíça na qual a Ucrânia está promovendo seu próprio plano de paz, pedindo a retirada total das tropas russas, incluindo dos 18% de suas terras atualmente ocupadas pela Rússia.

O Kremlin não foi convidado para o evento, que Kiev diz que contará com a presença de representantes de mais de 100 países e organizações, incluindo muitos chefes de Estado.

Podolyak ressaltou que Putin está tentando tomar as notícias ao fazer seu discurso pouco antes da cúpula.

O assessor, que frequentemente atua como porta-voz do gabinete do presidente, destacou que Moscou também estava tentando se apresentar ao mundo, e particularmente aos países do “Sul Global”, como parte mais interessada na paz.

“Pela declaração de Putin, a Rússia está fazendo parecer que não foram eles que começaram a agressão… mas como se estivessem propondo a paz e a Ucrânia não a quisesse”, comentou.

Podolyak ponderou que a Ucrânia quer a paz, mas apenas se a Rússia for justamente punida por sua agressão e a soberania ucraniana for mantida.

Com informações da CNN Brasil

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Biden se confunde e chama presidente da Ucrânia de “Putin” em discurso; veja
Democrata se corrigiu em seguida, afirmando que está muito focado em derrotar o líder russo
11/07/2024 às 20:47
Rússia promete retaliar EUA após anúncio de armas de longo alcance na Alemanha
Kremlin diz estar preparando medidas para contrapor promessas feitas pela Otan
11/07/2024 às 18:20
Eurocopa: rei Charles faz pedido inusitado a jogadores da Inglaterra
Ingleses se classificaram à final do torneio após vitória apertada diante da Holanda nesta quarta-feira 10
11/07/2024 às 18:00
Avião com destino a Guarulhos retorna a aeroporto de Milão após bater cauda durante decolagem
O voo LA8073 partiu às 8h07 (hora de Brasília) e fez o pouso de volta às 9h37
10/07/2024 às 16:43
“Não existe saída individual na América do Sul”, diz Lula na Bolívia
Assinatura de acordos em diversas áreas marca visita oficial ao país
09/07/2024 às 17:43
Brasileiro morre em combate após dois anos como voluntário na Guerra da Ucrânia
Murilo Lopes Santos faleceu em Zaporizhzhia, às margens do Rio Dnipro
08/07/2024 às 22:03
Brasil paga R$ 847 milhões a órgãos internacionais no 1º semestre
Governo quitou integralmente contribuição regular às Nações Unidas
03/07/2024 às 19:17
EUA anunciarão novo pacote de R$ 13 bilhões para Ucrânia, diz Pentágono
Pacote fornecerá novos interceptadores de defesa aérea, armas antitanque e outras munições dos estoques americanos, segundo secretário da Defesa americano
02/07/2024 às 19:15
Furacão Beryl, que já faz vítimas no Caribe, abre caminho para temporada muito perigosa, diz ONU
Este é o furacão de categoria 5 mais precoce já registrado na bacia do Atlântico, Caribe e América Central
02/07/2024 às 18:16
Em vitória para Trump, Suprema Corte decide que presidentes têm imunidade parcial
Decisão afeta processo do 6 de Janeiro, cuja chance de ir a julgamento antes da eleição agora é praticamente nula
01/07/2024 às 18:47