BUSCAR
BUSCAR
Crítica
Trump diz que NBA virou ‘uma organização política’ em meio aos protestos raciais
Presidente dos Estados Unidos comentou nesta quinta-feira 26 sobre as manifestações realizadas por times de elite americana de basquete
Redação
27/08/2020 | 18:59

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou nesta quinta-feira 26 os protestos contra a violência policial realizados por times de elite de basquete e acusou a NBA (liga de basquete americana) de ter se tornado uma organização política. 


“Não sei muito sobre o protesto da NBA. Sei que sua audiência tem sido muito ruim porque acho que as pessoas estão um pouco cansadas da NBA”, disse Trump à imprensa  em Washington. 


“Eles se tornaram uma organização política e isso não é bom”, acrescentou.
As críticas do presidente se referiam ao boicote promovido pelos jogadores da NBA aos jogos da rodada de quarta-feira, em protesto contra o racismo e a violência policial contra cidadãos negros no país, um assunto que veio à tona nesta semana após os sete tiros disparados por policiais nas costas de Jacob Blake, um homem negro, de 29 anos, no estado de Wisconsin.


Indignados pelo ataque a Blake, baleado diante dos filhos, em um novo episódio da brutalidade policial contra a população negra nos Estados Unidos, o Milwaukee Bucks, equipe que representa justamente o estado de Wisconsin onde ocorreu a agressão, foi o primeiro a boicotar a jornada ao não ir à quadra do complexo esportivo da Disney World para a quinta partida de sua série da primeira fase dos playoffs contra Orlando Magic.


Esta decisão gerou uma reação em cadeia envolvendo outras franquias que deveriam jogar no mesmo dia, forçando o adiamento dos confrontos entre Houston Rockets e Oklahoma City Thunder e entre Los Angeles Lakers e Portland Trail Blazers.


Mais cedo, Jared Kushner, genro e conselheiro do presidente dos Estados Unidos, ironizou os jogadores da NBA, ao afirmar que eles “se dão ao luxo” de protestar contra o racismo e a brutalidade policial com um boicote à competição.


“Os jogadores da NBA (…) eles podem se dar ao luxo de tirar, sabe, uma noite de folga do trabalho”, disse Kushner em entrevista ao site Politico.

*Com informações do Diário de Pernambuco

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.