BUSCAR
BUSCAR
Esportes
Torcedor do PSV que agrediu goleiro do Sevilla é condenado a 2 meses de prisão
De acordo com as autoridades, Dylano já tinha duas outras condenações relacionadas ao futebol e estava sob efeito de álcool quando invadiu o gramado
Redação
09/03/2023 | 00:43

O torcedor do PSV que invadiu o gramado do Philips Stadion, em Eindhoven, há duas semanas, e desferiu um soco no rosto de Marko Dmitrovic, goleiro do Sevilla, foi condenado a dois meses de prisão nesta quarta-feira. O caso ocorreu enquanto as duas equipes se enfrentavam pela rodada de volta da segunda fase da Liga Europa. O time holandês venceu por 2 a 0, mas os espanhóis avançaram pois venceram o jogo de ida por 3 a 0.

Identificado apenas como Dylano K. pelas autoridades holandesas, o agressor tem 20 anos e foi definido pela imprensa local como um hooligan. Ele entrou no campo durante a partida, correu até Dmitrovic e acertou o soco. Sem ferimentos aparentes, o goleiro conseguiu mobilizar o torcedor. “Eu nunca vi nada como isso”, disse o Dmitrovic depois do ocorrido. “Eu não vou nem dizer o que eu realmente gostaria de ter feito. Estou feliz que eu estava atento e que fui capaz de pará-lo. Caso contrário, outras coisas poderiam ter acontecido. Ele quis me acertar, é muito triste que esse tipo de incidente aconteça em um campo de futebol”, completou.

De acordo com as autoridades, Dylano já tinha duas outras condenações relacionadas ao futebol e estava sob efeito de álcool quando invadiu o gramado. Além da prisão, foi banido de frequentar a área no entorno do Philips Stadion quando estiver livre e está proibido de frequentar estádios. A Uefa abriu uma investigação contra o PSV por causa da invasão e estuda punições ao clube, que repudiou a atitude do agressor. “Todas as torcidas organizadas do PSV se distanciam de forma unânime e explícita dessa vergonhosa invasão de campo”, disse Marcel Brands, diretor do time holandês, em comunicado.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.