BUSCAR
BUSCAR
EUA
Tom Hanks apresentará especial de TV para a posse de Joe Biden
Programa foi idealizado pela Comissão de Inauguração Presidencial e vai substituir o formato mais tradicional da cerimônia de posse, mais reservado este ano por questões de saúde e segurança pública
Estadão
14/01/2021 | 18:00

O ator Tom Hanks apresentará o programa especial que será transmitido nas principais emissoras de televisão americanas durante a cerimônia de posse de Joe Biden, com músicos convidados como Jon Bon Jovi e Justin Timberlake, segundo diversos meios de comunicação.

Questionado pela AFP, a equipe de Biden não respondeu imediatamente, mas Justin Timberlake e a cantora Demi Lovato confirmaram o evento e sua presença.

O programa foi idealizado pela Comissão de Inauguração Presidencial e vai substituir o formato mais tradicional da cerimônia de posse, mais reservado este ano por questões de saúde e segurança pública.

Em 2009, Aretha Franklin cantou na primeira gala da posse de Barack Obama. Bruce Springsteen, U2, Shakira e Stevie Wonder também foram convocados.

Quatro anos depois, após ser reeleito, contou com Beyoncé para a execução do hino nacional.

Em 2017, Donald Trump, de quem grande parte da indústria do entretenimento não gosta, teve que se contentar com um artista relativamente desconhecido para cantar o hino em sua cerimônia de posse, após uma sucessão de recusas de músicos.

Celebrando a América, o programa que será transmitido ao vivo na quarta-feira, 20 de janeiro, em horário nobre, será transmitido na ABC, CBS, NBC, CNN e MSNBC, além do canal do YouTube da Comissão de Inauguração.

A transmissão também visa a homenagear os “heróis” da pandemia do coronavírus.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.