BUSCAR
BUSCAR
Justiça
TJ vai julgar recurso de acusados de matar Marielle Franco nesta terça
A defesa dos acusados do crime tenta impedir a ida deles a júri popular
IG
09/02/2021 | 13:46

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro vai analisar, na tarde desta terça-feira (9), um recurso do caso do assassinato da vereadora Marielle Franco, que foi morta em março de 2018. A defesa dos acusados do crime tenta impedir a ida deles a júri popular.

O policial militar reformado Ronnie Lessa é apontado, pelo Ministério Público, como o autor dos disparos que mataram a ex-parlamentar. Já o ex-PM Élcio Queiroz seria o motorista do carro usado na emboscada contra ela no Rio de Janeiro.

Lessa e Queiroz respondem por homicídio triplamente qualificado. Eles estão, atualmente, em um presídio federal de Porto Velho, em Rondônia.

Argumentação da defesa

A defesa afirma que há falta de provas e evidências sobre a participação dos dois no crime. No início da tarde desta terça-feira (9), três desembargadores da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça se reúnem para analisar o recurso.

Eles vão julgar se mantêm a decisão do juiz Gustavo Gomes Kalil, em primeira instância, que determinou o júri popular.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.