BUSCAR
BUSCAR
Judiciário
Telegram derruba canais ligados ao blogueiro Allan dos Santos
No entanto, um perfil foi recriado na plataforma horas após a suspensão das contas
R7
22/03/2022 | 17:11

A empresa que gerencia o aplicativo Telegram bloqueou dois canais ligados ao blogueiro Allan dos Santos, investigado pelo STF (Supremo Tribunal Federal). As contas foram suspensas nesta terça-feira (22). Allan é investigado pela Corte em ações que apuram a disseminação de fake news e ataques contra as instituições democráticas.

Os canais derrubados não tinham o nome do blogueiro – eram identificados como “Liberdade de Expressão” e “Guerra de Informação”. Poucas horas após a derrubada, Allan recriou o perfil “Guerra de Informação”, que até a publicação desta matéria já contava com 5.000 inscritos.

Leia também
Menina tem olho mordido por rato enquanto dormia: “Quase morri”
Universal é condenada a devolver R$ 204 mil a fiel por “lugar no céu”

A suspensão das atividades do blogueiro no aplicativo e nas demais plataformas de redes sociais ocorre por determinação do ministro Alexandre de Moraes. O magistrado do Supremo chegou a suspender o funcionamento do Telegram no Brasil, mas a interrupção do serviço não ocorreu, pois a empresa cumpriu as ordens judiciais.

O blogueiro mantém ainda um perfil no Twitter, chamado “Allan dos Santos | Oficial”, com quase 50 mil seguidores. Com ordem de prisão decretada pelo Supremo, ele está nos Estados Unidos.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.