BUSCAR
BUSCAR
Mobilidade urbana
STTU estuda ampliação do tempo da integração entre os ônibus de Natal
Secretaria informou que segue estudando possibilidades para permitir que o benefício funcione além de uma hora, intervalo de tempo atualmente em vigor
Redação
28/01/2021 | 07:40

O tempo limite de uma hora para fazer integração entre os ônibus de Natal pode ser ampliado, segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). No entanto, a nova duração do benefício, que permite ao usuário pegar duas linhas diferentes do transporte público pagando uma passagem, ainda não foi definida.

A pasta informou à reportagem que segue “estudando” a possibilidade de viabilizar o projeto. Por isso, ainda não se sabe quando a proposta será colocada em prática. A única certeza até o momento é que a expansão do tempo será temporária, só enquanto a frota permanecer reduzida.

Desde a instalação da pandemia do coronavírus na capital potiguar, o serviço foi impactado negativamente, com redução de frotas que geram, desde então, aglomerações nos ônibus e paradas.

Passageiros que precisam utilizar mais de uma linha relataram ao Agora RN que não estão conseguindo usufruir da integração em virtude da demora dos ônibus. Por efeito, o usuário acaba prejudicado, visto que terá que gastar o dobro para se locomover na cidade.

O retorno de 100% dos veículos que integram o sistema de transporte público da capital, inclusive, continua sem previsão, mesmo com o retorno às aulas presenciais na rede pública de ensino de Natal, marcada para o início de fevereiro.

De acordo com a STTU, o aumento de viagens depende do comportamento da demanda, que atualmente está em torno de 43%. A pasta, entretanto, afirmou acompanhar o desempenho a fim de observar a alta na demanda e, por consequência, a regularização da frota.

“A demanda, que mesmo com a reabertura do comércio, continua pouco acima dos 40% do que existia antes da pandemia, enquanto a frota tem variado na faixa de 70% existente antes da pandemia”, esclareceu a nota enviada pelo órgão responsável pelo trânsito ao Agora RN.

A STTU recebeu nesta quarta-feira 27 dos moradores de bairros da Zona Leste da cidade um abaixo-assinado que tem como finalidade pressionar a Prefeitura de Natal pelo retorno de linhas de ônibus que deixaram de circular em setembro do ano passado.

Os usuários de transporte coletivo reclamam da falta de opções de linhas e da lotação nos ônibus que ainda seguem rodando. A mudança brusca, inclusive, nas rotas dos ônibus que sobraram foi feita de forma nada transparente, sem aviso prévio aos usuários.

A ação é coordenada pelo vereador Eribaldo Medeiros (PSB). O parlamentar tem coletado assinaturas nos bairros das Rocas e Santos Reis e pretende apresentar o documento à STTU em breve.

“O povo precisa de transporte. Estamos lutando para encontrar uma solução. A participação nesse movimento é essencial para que possamos vencer essa pauta”, destacou o vereador.

A principal reivindicação dos moradores é o retorno da linha 48, que ligava Brasília Teimosa, nas Rocas, ao bairro do Alecrim via Nova Descoberta. Essa linha foi desativada pela STTU em setembro de 2020 dentro de uma reestruturação do transporte coletivo por causa da redução da demanda durante a pandemia da Covid-19.

Uma nova linha foi colocada no lugar, mas com itinerário diferente, diminuindo a oferta para Brasília Teimosa. O terminal da comunidade ficou sem funcionar.

Frota segue reduzida e mudanças em linhas continuam valendo

As mudanças nas linhas de ônibus feitas em setembro pela STTU continuam valendo. Uma decisão da Justiça de novembro do ano passado chegou a determinar o retorno das linhas desativadas, mas as empresas de ônibus conseguiram manter o novo desenho em um recurso.

Nessa mesma ação, as empresas de ônibus também obtiveram decisão favorável para continuar operando com a frota reduzida durante a pandemia da Covid-19.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.