BUSCAR
BUSCAR
STF ordena quebra dos sigilos fiscal e bancário de Collor

19/05/2015 | 05:44

O ministro Teori Zavascki, responsável pelos processos da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador e ex-presidente Fernando Collor de Mello (PTB-AL).

A quebra do sigilo, após pedido da Procuradoria-Geral da República, abrange o período entre 1º de janeiro de 2011 e 1º de abril de 2014 e afeta outras pessoas e empresas suspeitas.

Entre os atingidos está Pedro Paulo Leoni, ex-ministro de Collor que supostamente seria o elo entre o senador e o doleiro Alberto Youssef, de quem ele teria recebido recursos.

A defesa de Collor disse que não havia tido acesso à decisão. Segundo o gabinete do senador, ele só se pronuncia sobre o caso no plenário do Senado.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.