BUSCAR
BUSCAR
Fatal
Sobrinha mata tio a facadas ao ter quarto invadido
A Polícia Militar informou que a vítima já estava morta quando as guarnições chegaram ao Córrego Boa Sorte, na zona rural da cidade
BHAZ
22/07/2021 | 13:14

Um homem de 56 anos foi morto a facadas pela sobrinha, de 38, em Engenheiro Caldas, na região do Rio Doce, em Minas Gerais, na última segunda-feira 19. A suspeita disse que o familiar invadiu a casa dela, entrou no quarto onde estava e tentou agarrá-la à força por duas vezes. O golpe, segundo ela, foi a forma encontrada para não ser violentada.

A Polícia Militar informou que a vítima já estava morta quando as guarnições chegaram ao Córrego Boa Sorte, na zona rural da cidade. Durante a conversa com a sobrinha da vítima, a mulher disse que estava dormindo quando tudo aconteceu e não sabia explicar com detalhes. No entanto, ela acabou mudando a versão e confessou o crime.

Casa invadida

Conforme registrado na ocorrência, a mulher disse que estava deitada quando o tio chegou chamando por ela. Apesar dela não ter atendido os chamados, o homem entrou na varanda e depois foi até a porta do quarto dela. O tio tentou agarrar a sobrinha, mas ela conseguiu se soltar. Mesmo com a recusa da ente, o tio novamente tentou segurá-la.

A mulher deu uma facada no pescoço do tio e fugiu da casa. Ela disse que tinha problemas com o familiar, mas não entrou em detalhes. Marcas de sangue foram encontradas no quarto da suspeita. A perícia da Polícia Civil constatou o golpe de faca e o corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal).

Os policiais levaram a mulher até um Posto de Saúde e depois a encaminharam para a Delegacia de Plantão de Engenheiro Caldas onde o registro da ocorrência foi encerrado.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.