BUSCAR
BUSCAR
Situação das escolas municipais é discutida em comissão

18/05/2015 | 18:57

A Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Câmara Municipal de Natal realizou nesta segunda-feira (18) uma reunião para discutir a situação das escolas municipais da capital potiguar. O debate contou com a participação de representantes dos professores, pais e alunos, além dos vereadores Eleika Bezerra (PSDC), Amanda Gurgel (PSTU), Júlia Arruda (PSB), Cabo Jeoás (PCdoB), Ary Gomes (PROS) e Klaus Araújo (PP).

Na ocasião, várias reivindicações foram feitas pelo grupo com vistas à melhoria das condições do ensino. Destaque para a unificação dos planos de carreira do magistério, execução das emendas apresentadas pelos vereadores ao Orçamento 2015 e previsão de conclusão do CMEI do Bairro Planalto.

“O caos reina em praticamente todas as escolas públicas da nossa cidade. Não são muitos os que defendem a educação básica, haja vista que as crianças não votam”, afirmou a vereadora Eleika Bezerra, presidente da Comissão de Educação. “Diante disso, entregamos uma carta aberta ao governo federal em defesa da federalização da educação básica, inclusive o documento foi aprovado por unanimidade nesta Casa”, completou.

Segundo Eleika, em virtude da ausência da secretária municipal de Educação, Justina Iva, a Comissão convocará a titular da pasta novamente para oferecer um diagnóstico sobre a real situação das escolas de Natal.

De acordo com a vereadora Amanda Gurgel, professores e alunos convivem com uma realidade alarmante. “Os laboratórios de informática não funcionam a contento, faltam professores para diversas disciplinas e reduziram a quantidade da merenda servida às crianças”. Ela também falou sobre uma Portaria publicada pela Secretaria Municipal de Educação que impede os docentes que não estão em readaptação de função de exercer funções pedagógicas nos laboratórios e bibliotecas.

“Como se nesses locais não fossem exercidas funções pedagógicas, apenas espaços para colocar professores adoecidos. Trata-se de uma abordagem totalmente equivocada. No entanto, vou propor à Comissão a elaboração de um Projeto de Decreto Legislativo para sustar essa Portaria”, defendeu Amanda.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.