BUSCAR
BUSCAR
Crise
Sistema Fecomércio anuncia a demissão de 120 colaboradores no RN
Fecomércio diz que, em razão do cenário de incertezas e de lenta recuperação econômica, precisou fazer as demissões para “a preservação do equilíbrio financeiro” das instituições que compõem o sistema
Redação
01/09/2020 | 17:17

A Federação do Comércio do Rio Grande do Norte (Fecomércio) anunciou nesta terça-feira 1º a demissão de 120 colaboradores. Os desligamentos também abrangem o Sesc e o Senac, que são entidades vinculadas ao sistema Fecomércio potiguar.

Em nota oficial, a Fecomércio diz que, em razão do cenário de incertezas e de lenta recuperação econômica, precisou fazer as demissões para “a preservação do equilíbrio financeiro” das instituições que compõem o sistema no Rio Grande do Norte.

“O Sistema Fecomércio RN agradece a todos os colaboradores desligados pelo profissionalismo e comprometimento, ao mesmo tempo em que reforça que tais medidas precisam ser tomadas para a continuidade do trabalho desenvolvido em prol da qualidade de vida do povo potiguar”, traz a nota, que foi enviada a todos os colaboradores da entidade.

Ainda de acordo com a Fecomércio, o desligamento dos profissionais aconteceu nesta terça-feira 1º. A entidade detalhou, ainda, que permitiu ao grupo de demitidos a manutenção, por um período de até dois anos, alguns benefícios, como o plano de saúde e cartão do Sesc. Também foi permitida a manutenção da bolsa dos cursos do Senac RN, desde que estejam em andamento.

“Também serão concedidos descontos diferenciados nos cursos do Senac, como suporte ao retorno ao mercado de trabalho e uma carta de recomendação, por entendermos que o desligamento não foi motivado pela incapacidade técnica, má conduta ou outro motivo que desabone o colaborador”, detalhou a nota.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.