BUSCAR
BUSCAR
Tulio Lemos
Silêncio oficial de Fátima Bezerra diante da operação da PF poderá ser interpretado de forma negativa
Confira a coluna de Tulio Lemos desta quinta-feira 26
Tulio Lemos
26/08/2021 | 09:57

Posição
A chegada da Polícia Federal nas dependências da secretaria de Saúde do Governo Fátima Bezerra foi uma pancada política que a irmã de Tetê não esperava. Agora, cabe à Fátima tomar posição de apoio às investigações e demitir quem tiver que ser demitido. É hora de tomar posição.

Afogados
Nesse momento, o que se espera de Fátima é que ela não queira proteger algum companheiro que possa estar envolvido em eventuais falcatruas. Fátima é limpa e precisa continuar. Caso contrário, será um abraço de afogados.

Silêncio
O silêncio oficial de Fátima diante da operação da PF poderá ser interpretado de forma negativa. Ela falou firme, mas como de improviso durante entrevista. O recuo nesse momento, representa a estratégia do fracasso e do medo. Ela tem que ir pra cima. Quem for podre que se tore.

RESPALDO FEDERAL
Ex-presidente Lula ensaiando o tradicional gesto do MDB do RN, batizado pelo bacurau Aluízio Alves. O polegar pra cima é o símbolo do partido no Estado. O respaldo de Lula à aliança do MDB com o PT fortalece a união das duas legendas para a disputa da sucessão 2022. Garibaldi e Waltinho, nos braços do marido de Janja.

Articulador
É cada vez mais patente a falta que faz um articulador político para a gestão Fátima Bezerra. As disputas internas do PT não permitem que haja iniciativa de apoio ou ajuda. Ela também não busca um nome e nem delega missões.

Sorte
O deputado General Girão disse textualmente nas redes sociais que a operação da PF no Governo de Fátima, com a presença de Lula em Natal, foi “sorte” deles, da oposição.

Perseguição
Já deputadas do PT, como Natália Bonavides e Isolda Dantas, disseram que tudo não passa de perseguição do Governo Bolsonaro contra Fátima e contra Lula.

Jantar
A chapa Fátima e Walter foi chancelada pelo ex-presidente Lula. Não deixa de ser um recado ao PT local, que ainda apresenta guetos de resistência à aliança.

Indelicado
Que qualquer outro nome de fora do grupo de apoio à Fátima possa pleitear espaço na chapa majoritária, é compreensivo. Mas o deputado federal Rafael Motta disse a Lula que seu nome estava à disposição para concorrer ao Senado. Deu um soco na cara de Jean Paul.

Chegada
Quem chega amanhã a Natal é o governador de São Paulo, João Dória. Será que desenrola o nó do PSDB potiguar, cobra de duas cabeças?

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.