BUSCAR
BUSCAR
Recuperação
Setor produtivo potiguar apresenta plano de retomada econômica para o Estado
Proposta aponta ações estratégicas para a recuperação da economia potiguar e várias medidas para prestar auxílio ao grupo de micro empreendedores: projeto prevê o retorno gradual das atividades consideradas não essenciais em três etapas
Redação
06/05/2020 | 05:00

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, participou de reunião com representantes do setor produtivo potiguar, na manhã desta terça-feira (5), para discutir soluções para a crise econômica causados pela pandemia do coronavírus.

Participaram da ação o presidente de várias federações representativas dos setores industrial, agrícola, comércio, serviços e de transportes. Na ocasião, a governadora Fátima Bezerra recebeu o Plano de Retomada Gradual da Atividade Econômica do Rio Grande do Norte. Trata-se de uma proposta de planejamento estratégico com ações para a recuperação econômica do Estado.

No Rio Grande do Norte, a Secretaria Estadual de Tributação (SET) projeta queda no ICMS entre 27% e 30%, algo em torno de R$ 130 milhões por mês. A Sondagem elaborada pela Fiern aponta que 40% das indústrias não resistem mais um mês na atual condição.

“Nossos técnicos trabalharam com muita dedicação neste plano que envolve a questão de saúde pública, mas também os problemas econômicos, as dificuldades financeiras das empresas. Nesta situação toda só sairemos juntos. Por isso, a plataforma do Mais RN foi utilizada e hoje apresentamos ao governo do Estado esse plano para a retomada do Rio Grande do Norte, levando em consideração os protocolos, as adversidades, as recomendações das autoridades sanitárias. Sabemos que haverá muitas dificuldades, mas também vamos enfrentar essa crise”, destacou Amaro Sales, presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern).

A governadora Fátima Bezerra disse que, durante a apresentação, ficou clara a “seriedade e consistência da proposta”, que pode “dialogar com o governo neste momento tão delicado”. “Neste período tão grave a união é muito importante, porque não podemos nos deixar, jamais, levar por questões de natureza ideológica, política, mas sim pensar em preservar vidas”, acrescentou.

Durante a apresentação, José Bezerra Marinho, coordenador do Mais RN, destacou que o plano levou em consideração as diversas atividades econômicas e portes de empresas estão contemplados, com ações específicas para micro produtor que tiram o sustento diário de suas empresas.

O plano prevê a retomada gradual das atividades consideradas não essenciais, e apresenta uma proposta em três etapas e outra em quatro etapas, com intervalos de 10 a 15 dias entre uma outra, e que podem variar de acordo com o acompanhamento da curva de contaminação pelo coronavírus.

No modelo, reabririam primeiro estabelecimentos como restaurantes, bares e lanchonetes; e a frota de transporte público seria aumentada em horários de pico. Na segunda etapa, seriam retomadas as atividades nos shopping centers e parques em geral. Na terceira etapa, passariam a funcionar cinemas, teatros, casas de eventos, shows, espetáculos e academias.

Há ainda a proposta de projeto piloto de liberação para pequenos municípios, em que, aqueles que até o momento não apresentaram óbitos, casos confirmados e nem possuem casos suspeitos possam ser gradualmente liberados, observando os pressupostos, protocolos e ações transversais apresentados.

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomércio), Marcelo Queiroz, avalia que o plano de retomada pode ser iniciado no vencimento do atual decreto estadual, ou seja, 20 de maio.

“Considerando que temos esperança de começarmos a ver os números da doença no estado regredirem e, principalmente, serem abertos novos leitos de UTI para atender nossa população, acredito que poderíamos estar com a terceira e última etapa de retomada da nossa atividade econômica já em curso até o final de junho”, encerra.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.