BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Sessão reúne Paulinho Freire, Carlos Eduardo e Álvaro Dias; leia opinião do AGORA RN
Confira os destaques da coluna Bastidores na edição desta quarta-feira 6 do AGORA RN
Redação
06/12/2023 | 05:00

Potiguares de peso prestigiaram ontem a sessão solene em homenagem aos 424 anos de fundação de Natal. A cerimônia foi promovida pelo deputado federal Paulinho Freire (União Brasil) na Câmara dos Deputados, em Brasília. Além do autor da proposição, o prefeito Álvaro Dias (Republicanos), o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PSD), o presidente da Câmara Municipal, Ériko Jácome, o deputado federal Benes Leocádio (União Brasil) e o deputado estadual Taveira Júnior (União Brasil) integraram a mesa das autoridades. Todos discursaram. O deputado Professor Paulo Fernandes (Republicanos-DF) e o deputado Robinson faria (PL) também levaram mensagens.
Sem achar a menor graça na presença de Carlos Eduardo em sintonia com Paulinho Freire, Rogério Marinho (PL) esteve na solenidade, mas não foi convidado para a mesa, apesar de ser o único senador presente. Também estavam presentes: o ex-deputado federal Rafael Motta (PSB), secretário de Esporte de Natal, e o deputado estadual Luiz Eduardo (Solidariedade). Além disso, circularam pela Câmara os vereadores Aldo Clemente (PSDB), Klaus Araújo (PSDB), Eribaldo Medeiros (Rede), Camila Araújo (União Brasil) e Luciano Nascimento (PTB).

Almoço

Após a sessão solene no Congresso Nacional, uma turma foi almoçar. Na mesa principal, Paulinho Freire, Carlos Eduardo, Robinson Faria, Ériko Jácome e demais vereadores. Só falta anunciar que Paulinho não será candidato, apoiará Carlos Eduardo e indicará o vice. A ausência do prefeito Álvaro Dias no almoço mostra que ele anda preferindo ainda outros caminhos.

Direita

Nome da turma conservadora que pretende concorrer ao Palácio Felipe Camarão, o deputado General Girão (PL) não foi prestigiar a sessão solene que deixou claro o apoio de Paulinho Freire a Carlos Eduardo no pleito de 2024.

Ausência

Deputada federal mais votada da capital, Natália Bonavides, pré-candidata a prefeita pelo PT, também não deu as caras na Câmara. Levou falta na sessão solene pelos 424 anos de Natal. A sessão estava cheia de adversários da petista. À tarde, Natália postou fotos com a prefeita Mazé, de Martins, em agenda em seu gabinete, no Anexo IV.

Falta de quórum

O recurso que pede votação em plenário do projeto que mantém a alíquota de ICMS em 20% não foi apreciado ontem pela Assembleia Legislativa. O motivo foi que, na abertura da sessão, apenas quatro deputados registraram presença: o presidente Ezequiel, o líder do governo, Francisco do PT, Isolda Dantas (PT) e Eudiane Macedo (PV). O regimento pede a presença de oito parlamentares para abrir a sessão. O detalhe é que, antes da sessão iniciar, os deputados Gustavo Carvalho, Tomba Farias e Coronel Azevedo participaram da reunião de líderes na sala da presidência. Mas depois não foram para o plenário.

Prazo

O prazo final para votação desse recurso é o de três sessões. Mas, o prazo só começa a contar quando o recurso é oficialmente lido no plenário, o que ainda não aconteceu ontem.

19%

Na Governadoria, o secretário-chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, já confirma que a alíquota em 19% é uma possibilidade trabalhada. Caberá ao líder do governo, Francisco do PT, apresentar uma proposta alternativa. Francisco deve costurar a nova ideia, como já adiantou na reunião de líderes ontem, com a turma mais radical: Gustavo Carvalho, Tomba Farias e Coronel Azevedo.

Fico ou vou?

Assim que a sessão foi encerrada por falta de quórum, quem subiu ao plenário foi o deputado Nelter Queiroz, que parte da imprensa divulgou como sendo uma ausência. Na verdade, os parlamentares que tinham ido a Brasília foram Taveira Júnior e Luiz Eduardo. Já Dr. Kerginaldo Jácome acompanhou a família numa viagem a Paris, já planejada. Ele sabe que partiu de colegas da oposição a informação espalhada de que ele teria viajado de propósito para não votar o ICMS. O médico não gostou do jogo contra ele.

Parlamentar do ano

Hoje, até às 11h, acontece a eleição para escolha do Parlamentar do Ano na Assembleia Legislativa. Têm direito a voto cerca de 40 jornalistas que cobrem as ações parlamentares da Casa.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.