BUSCAR
BUSCAR
Pandemia
Sesap reforça o uso de máscara para diminuir propagação do novo coronavírus
“Mascara não é adereço para o queixo! O Estudo publicado recentemente mostrou que mesmo quando a pessoa é contaminada usando a máscara, ela se protege", esclarece o secretário estadual de saúde Cipriano Maia
Redação
25/09/2020 | 05:52

Em estudo recente realizado por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, publicado pela New England Journal of Medicine, constatou que o uso de máscara de proteção contra o novo coronavírus pode gerar uma resposta imunológica e reduzir a gravidade da doença nas pessoas, garantido que a maioria das infecções sejam assintomáticas.

Com base no estudo, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) reforça e orienta a população para o uso essencial e correto da máscara de proteção. Para ter uma ação eficaz e evitar a transmissão da Covid-19, a máscara deve ser usada cobrindo o nariz e a boca. “Mascara não é adereço para o queixo! O Estudo publicado recentemente mostrou que mesmo quando a pessoa é contaminada usando a máscara, ela se protege. E, caso desenvolva a doença, a pessoa terá um quadro mais leve ou assintomático”, esclarece o secretário estadual de saúde Cipriano Maia.

Conforme aponta o estudo, as máscaras não impedem a contaminação pelo vírus, porque é possível que gotículas ultrapassem a proteção, contudo em quantidade menor. O que gera uma carga viral também menor, o que está ligado a quadros leves da doença.

De acordo com o secretário Cipriano, isso está sendo constatado por meio do teste sorológico (de imunidade), que mostra que as pessoas que estão usando a máscara de forma contínua, mesmo havendo a contaminação por algum descuido, elas têm um quadro mais leve da doença.

Nesta quinta-feira 24, o Rio Grande do Norte registrou 10 novas mortes pela Covid-19, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Com os números das últimas 24 horas, a mortalidade foi elevada 2.366 casos desde o início da pandemia.

Ainda segundo a Sesap, apenas duas mortes ocorreram, de fato, nas últimas 24 horas. Outros oito óbitos são confirmações de casos notificados em dias anteriores que ainda necessitavam de exame laboratorial. Além disso, há outras 312 mortes que seguem em investigação.

Até a quarta-feira 23, segundo a Sesap, o Rio Grande do Norte tinha 2.356 mortes causadas pela Covid-19.

Houve o aumento de 298 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus nesta quinta-feira. O número total de contágios foi elevado para 68.059 no Rio Grande do Norte.

Segundo a Sesap, a taxa de transmissibilidade (Rt) no Rio Grande do Norte está 0,92. O número representa a capacidade de contágio do vírus. Atualmente, 128 municípios estão em situação de perigo ou risco, isso significa que a taxa está em 1,03. Ou seja, a pessoa infectada pode transmitir o vírus para mais de um indivíduo.

Dicas de uso das máscaras:

• Use a máscara sempre que sair de casa;
• Ao sair, leve uma máscara reserva para realizar a troca a cada 02 horas de uso;
• Leve uma sacola para guardar a máscara, caso seja preciso trocar;
• Evite tocar ou ajustar a máscara, enquanto estiver usando;
• Use a máscara quando estiver tossindo e espirrando, assim você evita transmitir o vírus para outras pessoas;
• Faça uso da máscara caso esteja cuidando de uma pessoa com doenças respiratórias;
• Além de usar a máscara, realize a limpeza frequente de suas mãos com água e sabão ou higienize com álcool em gel 70%;
• Após usar a máscara, descarte-a em local adequado e lave bem as mãos;
• Utilize a máscara do tipo cirúrgico ou de pano (com pelo menos duas camadas de pano, como algodão, tricoline ou TNT). A máscara N95 é de uso dos profissionais de saúde;
• E lembre-se: a máscara é de uso individual e deve cobrir totalmente o nariz e a boca, ficando bem ajustada ao rosto.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.