BUSCAR
BUSCAR
Pandemia
Após denúncia, Prefeitura do Natal proíbe servidores de fora da linha de frente da Covid de serem vacinados
Imagens de servidores municipais que não atuam na linha de frente de combate à Covid-19 apareceram nas redes sociais recebendo dose da vacina Coronavac
Redação
20/01/2021 | 13:33

Servidores da Prefeitura do Natal que não atuam na linha de frente de combate à Covid-19 estão recebendo a primeira dose da vacina Coronavac, segundo denúncia do Sindicato dos Sindicato dos Servidores Públicos de Natal (Sinsenat).

De acordo com o Sinsenat, imagens de pessoas que não atuam nos serviços de saúde do município – e que também não prestam atendimento na linha de frente de combate à Covid-19 – estariam supostamente furando a fila de imunização contra a Covid.

“Uma situação gravíssima. Dentro de um cenário de escassez de vacinas que contemple toda a equipe multidisciplinar que atua nos locais de combate à pandemia em Natal, pessoas que estão enfrentando o risco diário de contaminação pela atuação direta com o coronavírus, você imunizar jovens que não tem o perfil para receber a vacina nessa fase”, desabafou a coordenadora do Sinsenat, Soraya Godeiro, que apresentará denúncia no Ministério Público do Trabalho e da Saúde.

Soraya atribui a falta de transparência à realização pela prefeitura, nesse momento. Ela critica a vacinação feita por drive thru organizada pelo município. “As denúncias recebidas comprovam o questionamento feito pelas entidades sindicais sobre esse formato escolhido pela prefeitura. Por que não vacinar as pessoas nos locais de trabalho? A quem interessa isso?”, questiona.

A vacinação contra a Covid-19 em Natal começou nesta quarta-feira 20. A Prefeitura de Natal recebeu 12.235 doses de vacina Coronavac – desenvolvido pela chinesa Sinovac e que, no Brasil, é produzido pelo Instituto Butantan.

Os públicos-alvo são os profissionais de saúde que trabalham no atendimento dos casos de infecção pelo novo coronavírus e dos idosos que moram em abrigos ou instituições de longa permanência.

Em nota oficial, a Secretaria Municipal de Saúde informa que alguns dos trabalhadores voluntários que atuam nos postos de vacinação abertos no município foram imunizados equivocadamente.

“No início da abertura do drive Arena das Dunas algumas pessoas que estão trabalhando foram vacinados. Esse equívoco já foi sanado, uma vez que de acordo que o Ministério da Saúde é para vacinar os envolvidos na ação, porém devido a pequena quantidade de doses recebidas, neste momento Natal não vai vacinar os envolvidos”, explicou, em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Ainda de acordo com a SMS, suspendeu a vacinação desse grupo de servidores, em função da quantidade reduzida de doses recebidas nesta etapa inicial.

O que diz a Secretaria de Saúde

A respeito de notícias sobre a vacinação de servidores públicos municipais, é necessário esclarecer que são integrantes das equipes envolvidas diretamente na campanha de imunização contra a Covid-19. O Informe Técnico emitido pelo Ministério da Saúde na última segunda-feira 18 até recomenda a imunização desse público.

Apesar desse respaldo legal e institucional, fica a partir de agora terminantemente suspensa a vacinação desse grupo de servidores, em função da quantidade reduzida de doses recebidas nesta etapa inicial.

A vacinação prosseguirá restrita ao público formado por profissionais de saúde com atuação efetiva e comprovada na linha de frente contra a Covid-19 e aos idosos residentes em instituições de longa permanência.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.