BUSCAR
BUSCAR
Entrevista
“Será lamentável Álvaro renunciar para disputar governo em 2022”, diz Sérgio Leocádio
Sérgio Leocádio analisa um possível cenário para as próximas eleições. Ele acredita que o prefeito Álvaro Dias precisa focar em Natal e que será “lamentável” caso renuncie para disputar o governo
Redação
28/12/2020 | 08:10

Presidente do PSL em Natal, o delegado Sérgio Leocádio, que ficou em terceiro lugar na disputa pela prefeitura de Natal neste ano, considera “lamentável” a hipótese do prefeito reeleito Álvaro Dias (PSDB) renunciar ao mandato em 2022, para disputar o cargo de governador do Estado.

“Se isso acontecer é lamentável. Acho que a gente precisa assumir os compromissos, e principalmente ele, que teve votação expressiva, uma eleição com mais de 56% dos votos”, afirmou Leocádio, em entrevista ao Agora RN. Para Leocádio, “candidato com votação expressiva precisa focar em Natal, até para retribuir a confiança da população nele. Mas a decisão é dele”.

Recentemente, o vereador Felipe Alves (PDT) e o presidente do PV em Natal, Carlos Alberto Medeiros, levantaram a possibilidade de Álvaro concorrer nas eleições de 2022 contra a atual governadora Fátima Bezerra (PT). O prefeito reeleito de Natal, que tomará posse para o segundo mandato no próximo dia 1º de janeiro, tem dito que vai completar o mandato integralmente.

Resultado eleitoral

Sérgio Leocádio disse ser “extremamente positivo” o resultado das eleições em Natal. Largando na última posição, segundo as pesquisas feitas no início da campanha eleitoral, ele chegou a ficar em segundo lugar nas pesquisas, mas foi ultrapassado na reta final pelo candidato da governadora Fátima, o senador Jean Paul Prates (PT). “Foi positivo, uma experiência única na minha vida. Disputei a eleição de chapa majoritária extremamente sozinho, não contei com o apoio nem do presidente estadual do meu partido, nem do deputado federal do meu partido, que inclusive apoiou abertamente outro candidato. Mas tive o apoio fundamental das pessoas de Natal, homens e mulheres de bem que acreditaram que a gente pode fazer uma administração pública moderna, de resultado, com foco no combate à corrupção”, afirmou.

Ao analisar a situação administrativa da capital potiguar, Sérgio Leocádio, avalia que o prefeito Álvaro Dias terá um grande desafio pela frente. Além da situação fiscal da prefeitura não ser das melhores, o chefe do executivo reeleito precisará enfrentar o desemprego e a retomada do turismo.

Precisa recuperar a cidade para o turismo. Uma cidade como Natal não pode ter praias urbanas abandonadas do jeito que estão”, disse o delegado.
O segundo desafio de Álvaro, segundo Leocádio, será tirar o Plano Diretor do papel. “Tanto o fomento do turismo como a construção civil dependem desse instrumento importante”. A saúde, a educação e a segurança, por fim, também são setores que necessitam de atenção permanente. A segurança em Natal é uma coisa terrível. Somos a quarta cidade mais violenta do mundo, e isso requer um foco grande da prefeitura, preventivamente e priorizando a Guarda Municipal, porque sem segurança o turista não vem visitar a cidade”.

Direita desunida

Com cinco candidatos da direita em Natal, e nenhum deles com apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Sérgio Leocádio disse que foi o mais votado entre os expoentes dessa ala da política local porque não foi radical nem quis pegar carona com o presidente. “Eu tive uma votação muito expressiva, e não fui a direita radical, não peguei carona com Bolsonaro, não tirei foto com Bolsonaro. Sou direita propositiva, direita de menos Estado e mais população. Essa é a minha linha de direita. Estou aberto e vou continuar aberto com essa linha sem nenhum radicalismo”.

Sobre a união do grupo para 2022, Leocádio disse que não foi procurado por ninguém. “Quanto ao futuro, vale a reflexão, ver quantos votos cada segmento da direita teve e o mais importante é sentir o que a população anseia. Posso te dizer abertamente que confundem direita com Bolsonaro, e uma coisa é uma coisa e outra é outra. Bolsonaro deixou bem claro porque não apoiou ninguém em Natal. Quem se rotulou bolsonarista, tiraram foto com ele, não teve o apoio dele”.

Eleições 2022

Leocádio permanece como presidente do PSL. De acordo com o delegado, o partido está fazendo uma reavaliação a nível nacional e espera fortalecer o PSL no RN. Sobre 2022, diz ser muito cedo. “Tem que torcer para que o prefeito faça uma boa gestão na prefeitura. Acho que o foco foi para uma Natal melhor. Daqui a dois anos o PSL vai vir forte para eleição. Prematuro pensar em governo. Coloco meu nome à decisão do partido, sobretudo ao presidente nacional, deputado federal Luciano Bivar”, sublinhou o delegado Leocádio.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.