BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Senador bolsonarista diz na CPI da Covid que RN é exemplo a ser seguido
Confira a coluna de Alex Viana desta quarta-feira 11
Alex Viana
11/08/2021 | 09:34

Com reunião marcada para esta quarta-feira 11, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid instalada na última quarta-feira 4, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, ganhou ontem uma divulgação especial do senador Marcos Rogério (DEM) durante a CPI maior que investiga a ação do governo federal na pandemia.

O senador bolsonarista desejou sorte à CPI potiguar para compensar a carraspana aplicada pela outra de Brasília no governo federal.

E ontem não foi diferente. O coronel da reserva Hélcio Bruno, do Instituto Força Brasil, a ONG bolsonarista implicada na propagação de fake news contra vacinação e as instituições, ancorou-se num habeas corpus concedido pela ministra Carmem Lúcia, do STF, para não responder absolutamente nada do que lhe era perguntado.

Depois de exibir críticas pesadas do site Força Brasil à vacinação e ao STF, o senador Randolph Rodrigues (Rede Sustentabilidade) indagou se o depoente não era agradecido à ministra Carmem Lúcia pelo habeas corpus recebido dela ante de depor.

Mesmo assim, o senador Marcos Rogério manteve sua valorosa defesa às ações do governo federal quando citou a Assembleia Legislativa do RN e sua CPI para investigar o governo Fátima durante a pandemia como um exemplo a ser seguido pelos demais estados.

Mas aqui, a Comissão Parlamentar de Inquérito funcionará com outra paridade de armas, pelo menos na relatoria, diferentemente de sua versão nacional em que o senador Omar Aziz (PSD-AM) não pode ser visto como um amigo de Bolsonaro.

Na versão potiguar, o deputado Kelps Lima (Solidariedade) é o presidente da CPI, mas Francisco do PT é o relator.

Os deputados Getúlio Rêgo (DEM), George Soares (PL) e Gustavo Carvalho (PSDB) serão os membros titulares, e os deputados Galeno Torquato (PSD), Nelter Queiroz (MDB), Tomba Farias (PSDB), Ubaldo Fernandes (PL) e Isolda Dantas (PT) serão os membros suplentes.

E já está decidido: todas as informações que chegarem à CPI ou que forem solicitadas em nome do grupo deverão passar primeiramente pelo presidente da comissão. O relator ficará com uma cópia.

Ao todo, são 12 contratos investigados com prazo de resposta de até 48 horas e um dos focos interessa ao governo federal: a compra de respiradores pelo Consórcio Nordeste à Hempcare, que terminou em calote por parte da empresa, que recebeu e não entregou.

Aliás, entre os convocados está o ex-presidente do Consórcio Nordeste, Rui Costa, que comandava a autarquia à época do contrato que redundou num prejuízo de R$ 49 milhões aos estados da região, entre eles o Rio Grande do Norte, que foi lesado em quase R$ 5 milhões.

Foco na ZN
Em setembro, 3.400 empresários e outros milhares de micro empreendedores individuais da Zona Norte já poderão obter suporte, orientação e capacitação para tocar seus negócios sem precisar sair de sua região. Uma parceria da prefeitura de Natal com o Sebrae RN lançou nesta terça-feira a Loja do Empreendedor, que vai funcionar no Partage Norte Shopping, como parte de um termo técnico de cooperação. “É um desafio gingante, mas ele estava preconizado na Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas da Capital”, afirmou Zeca Melo, superintendente do Sebrae-RN.

Para poucos
O ministro da Educação, Milton Ribeiro, declarou no começo da semana e deu o que falar. Disse que as universidades brasileiras deveriam ser para poucos. Em entrevista à TV Brasil, ele ironizou a demanda dos professores por vacinação contra a covid-19 e exaltou os institutos federais, que serão “a grande vedete” no futuro.

Uber universitário
O ministro da Educação disse estar cansado de encontrar motoristas de aplicativo com terceiro grau completo. “Tem muito engenheiro, advogado, dirigindo Uber porque não consegue a colocação devida, mas, se fosse técnico em informática, estaria empregado porque há demanda muito grande”, disse o ministro.
O ministro só não disse quem ele acha merecer um curso superior no Brasil.

Serra se licencia
O senador José Serra (PSDB-SP) estará afastado do Senado até 10 de dezembro deste ano. Serra recebeu diagnóstico de doença de Parkinson em estágio inicial. O tempo requerido pelo parlamentar, que já foi candidato à presidência, é para tratar um distúrbio do sono decorrente da doença.

Marcação cerrada
Parlamentares em Brasília andam se queixando que suas redes sociais se transformaram em latrinas a céu aberto graças à marcação cerrada de bolsonaristas, como de hábito, muito agressivos. Mas, ontem eles começaram a receber ligações de evangélicos pedindo a adesão deles ao voto impresso.

Filhos ilustres
Em pronunciamento no horário destinado aos deputados, no encerramento da sessão ordinária desta terça-feira, na Assembleia Legislativa, o deputado Vivaldo Costa (PSD) lembrou dois ‘filhos ilustres’ de Caicó já falecidos: o professor Muirakytan Kennedy de Macedo e o historiador Sinval Costa. As homenagens foram feitas, respectivamente, pelo jornalista Almir Macedo e pelo professor da UFRN Helder Macedo.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.