BUSCAR
BUSCAR
Premiação
Sem Neymar, Uefa divulga finalistas ao prêmio de melhor jogador da Europa
Lista foi definida por um júri composto pelos 80 treinadores dos clubes que participaram na fase de grupos da Liga dos Campeões e Liga Europa, além de 55 jornalistas, um de cada federação da Uefa
Estadão
23/09/2020 | 11:55

A Uefa revelou nesta quarta-feira quem são os três finalistas ao prêmio de melhor jogador da Europa na temporada 2019/2020. O meia belga Kevin de Bruyne, do Manchester City, o goleiro alemão Manuel Neuer e o centroavante polonês Robert Lewandowski, ambos do Bayern de Munique, são os candidatos da premiação que será entregue no próximo dia 1.º de outubro, em evento virtual que antecederá o sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões. Neymar está fora da lista, assim como Messi e Cristiano Ronaldo.

O top 10 dos melhores da Europa na temporada passada é dominado pelo Bayern de Munique, vencedor da Liga dos Campeões ao derrotar o Paris Saint-Germain por 1 a 0, no estádio da Luz, em Lisboa, em Portugal. Além dos dois finalistas, o atacante Thomas Muller ficou em sexto lugar, o volante brasileiro naturalizado Thiago Alcântara (já negociado com o Liverpool) foi o oitavo colocado, uma posição à frente do volante/lateral-direito Joshua Kimmich.

Vice-campeão da Liga dos Campeões, o brasileiro Neymar, do Paris Saint-Germain, esteve a um passo de ser finalista, mas acabou na quarta colocação ao lado do craque argentino Lionel Messi, do Barcelona. Ambos tiveram 53 pontos de acordo com o sistema de votação estabelecido pela Uefa. O português Cristiano Ronaldo, da Juventus, ficou em 10.º lugar com 25 pontos.

Desde a criação do prêmio, em 2011, esta é a primeira vez que Lionel Messi e Cristiano Ronaldo não aparecem entre os três finalistas. O zagueiro holandês Virgil van Dijk, que se destacou na campanha do título do Liverpool na edição 2018/2019 da Liga dos Campeões, foi o vencedor do último ano.

A lista foi definida por um júri composto pelos 80 treinadores dos clubes que participaram na fase de grupos da Liga dos Campeões e Liga Europa, além de 55 jornalistas, um de cada federação da Uefa. Os membros escolheram seus três finalistas, com o primeiro recebendo cinco pontos, o segundo três e o terceiro um ponto. O treinador não podia votar em jogadores de sua própria equipe. O critério para julgamento foi o desempenho ao longo de toda a temporada em todas as competições, tanto a nível nacional quanto internacional, em clubes e seleções.

Outros prêmios

Entre os treinadores, o prêmio será de um alemão. O trio é formado por Hansi Flick, do Bayern de Munique, Jürgen Klopp, do Liverpool, e Julian Nagelsmann, do RB Leipzig, que caiu nas semifinais para o Paris Saint-Germain. O top 10 dos técnicos foi completado por Thomas Tuchel (Paris Saint-Germain), Gian Piero Gasperini (Atalanta), Julen Lopetegui (Sevilla), Rudi García (Lyon), Zinedine Zidane (Real Madrid), Pep Guardiola (Manchester City) e Antonio Conte (Inter de Milão).

Premiação feminina

Entre as mulheres, a disputa ficará entre a inglesa Lucy Bronze, a francesa Wendie Renard e a dinamarquesa Pernille Harder. As duas primeiras fizeram parte do elenco do Lyon, que conquistou o tricampeonato europeu em 2019/2020, enquanto que Harder atuou no Wolfsburg, finalista da Liga dos Campeões.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.