BUSCAR
BUSCAR
Futebol
Sem Neymar e Mbappé, PSG reedita semifinal da Liga dos Campeões com RB Leipzig
Para evitar que o Manchester se distancie na ponta, o PSG terá uma tarefa complicada devido aos seus desfalques, quase todos no setor ofensivo. Neymar segue fora, recuperando-se de lesão muscular na coxa esquerda
Estadão
04/11/2020 | 08:36

Recheado de desfalques, o Paris Saint-Germain vai reeditar nesta quarta-feira, às 17 horas (horário de Brasília), contra o RB Leipzig, uma das semifinais da edição passada da Liga dos Campeões. O novo duelo não vale vaga na final, mas também terá caráter decisivo para ambos os times no Grupo H. Quem perder o chamado jogo “de seis pontos”, ficará em situação complicada na chave. A rodada também terá Barcelona, Juventus e Chelsea.

Alemães e franceses somam três pontos cada e, em Leipzig, vão disputar o segundo lugar do grupo, liderado pelo Manchester United, com seis pontos. Com duas vitórias em dois jogos, o time inglês é favorito contra o Istanbul Basaksehir, ainda sem pontuar após duas rodadas.

Para evitar que o Manchester se distancie na ponta, o PSG terá uma tarefa complicada devido aos seus desfalques, quase todos no setor ofensivo. Neymar segue fora, recuperando-se de lesão muscular na coxa esquerda. A nova baixa é Kylian Mbappé, vetado também em razão de contusão muscular.

Também são baixas o argentino Mauro Icardi, o italiano Marco Verratti e o alemão Julian Draxler. Dos três, apenas Verrati não tem vocação ofensiva. Ou seja, o time comandado pelo técnico Thomas Tuchel terá dificuldade para fazer gols nesta quarta, principalmente se levar em conta que o RB Leipzig tem a segunda melhor defesa do Campeonato Alemão.

Longe de repetir o bom desempenho da última Liga dos Campeões, quando foi finalista, o PSG tem uma vitória e uma derrota no grupo. O time de Leipzig tem o mesmo aproveitamento, com a diferença de que o revés foi dolorosa: levou um contundente 5 a 0 do Manchester, na rodada passada. Para os alemães, portanto, o jogo desta quarta é de reação total.

Barcelona e Juventus

Se no Campeonato Espanhol o Barça faz campanha sofrível, na Liga dos Campeões o time tem 100% de aproveitamento. Nesta quarta, portanto, os comandados do técnico Ronald Koeman podem mostrar serviço e resolver esta crise de identidade na equipe espanhola, que vem de um modesto empate com o Alavés, no fim de semana. O Barcelona ocupa a surpreendente 12ª colocação do Espanhol.

Contra o Dínamo de Kiev, no Camp Nou, às 17h, o Barça poderá ter o importante retorno do goleiro Marc-André Ter Stegen, que fez falta contra o Alavés. O goleiro brasileiro Neto cometeu falha feia no gol de empate dos rivais.

A aposta dos catalães é em Griezmann, que desencantou no Espanhol, e no jovem Ansu Fati, candidatos a brilhar ao lado de Lionel Messi. Com duas vitórias em dois jogos, o Barcelona ficará muito perto da classificação às oitavas de final, pelo Grupo G, se confirmar o favoritismo contra o time ucraniano, afetado diretamente pela pandemia. O Dínamo terá apenas o mínimo exigido de 13 jogadores para a partida por ter sido atingido por um surto de covid-19 no elenco nos últimos dias.

Ainda distante da vaga, a Juventus terá o importante reforço de Cristiano Ronaldo para o confronto com o Ferencvaros, em Budapeste, no mesmo horário, pela mesma chave. No domingo, o atacante português mostrou estar totalmente recuperado da covid-19 ao marcar duas vezes na vitória de 4 a 1 sobre o Spezia, pelo Campeonato Italiano. O jogador ficou afastado dos gramados por duas semanas.

Com uma vitória e uma derrota, justamente para o Barça, a Juventus soma três pontos e ocupa o segundo lugar da chave. Dínamo e Ferencvaros têm apenas um ponto cada.

Pelo Grupo E, Chelsea e Rennes vão se enfrentar pela primeira vez na história. O duelo está marcado para as 17h, no Stamford Bridge. O time londrino terá a baixa de Christian Pulisic, que será substituído por Timo Werner, uma das apostas do clube inglês para a temporada.

O Chelsea lidera a chave com os mesmos quatro pontos do Sevilla, que ocupa o segundo lugar por ter menor saldo de gols. Nesta quarta, o time espanhol enfrentará o Krasnodar, em casa. Rennes e Krasnodar apresentam apenas um ponto cada.

No embolado Grupo F, Lazio e Club Brugge somam quatro pontos, e o Borussia Dortmund vem logo atrás, com três. Nesta quarta, o time alemão poderá até virar líder se vencer o Brugge, na Bélgica. Já a equipe italiana vai visitar o Zenit St. Petersburg, que ainda não pontuou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.