BUSCAR
BUSCAR
Rumo ao Hexa
Seleção Brasileira tem data de estreia nas Eliminatórias para a Copa 2022 definida
Brasil fará estreia no início de outubro, de acordo com informações publicadas nesta quinta-feira 17
Redação
17/09/2020 | 17:32

Fifa e Conmebol definiram, nesta quinta-feira 17, que a retomada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, no Qatar, será no mês de outubro. As entidades confirmaram também que o torneio será disputado no mesmo formato, com todas as dez seleções se enfrentando em partidas de ida e volta.

Com isso, a Seleção Brasileira já sabe a data que fará estreia na competição. O Brasil entra em campo no dia 9 de outubro, para enfrentar a Bolívia, na Neo Química Arena, em São Paulo. Depois, os comandados de Tite voltarão a campo no dia 13, para encarar o Peru, fora de casa.

A convocação para as partidas será realizada nesta sexta-feira (18), às 12h30min, e será realizada em sessão virtual transmitida pela CBF para o público e a jornalistas. 

Qual é o formato de disputa da Copa 2022?

Apesar da redução de calendário por conta da pandemia da Covid-19, o formato de disputa da competição foi mantido. Serão realizadas 18 rodadas, em que os quatro primeiros garantem classificação direta ao Mundial e o quinto colocado disputará vaga na repescagem contra adversário que ainda será definido.

Onde será a Copa 2022?

A Copa do Mundo FIFA de 2022 ou Campeonato Mundial de Futebol FIFA de 2022 será a vigésima segunda edição deste evento esportivo, um torneio internacional de futebol masculino organizado pela Federação Internacional de Futebol (FIFA), que ocorrerá no Catar.

Com sete cidades-sede, o campeonato será disputado entre 21 de novembro e 18 de dezembro, primeira vez em que é disputado no final do ano. A edição de 2022 será a primeira realizada no Oriente Médio e a última a ter o formato de 32 equipes, já que a competição terá uma mudança no formato e número de equipes na edição de 2026, onde será sediado no Canadá, Estados Unidos e México, passando para 48 equipes.

Acusações de corrupção foram feitas após o Catar ganhar o direito de sediar o campeonato. A FIFA realizou uma investigação interna sobre estas alegações e absolveu o Catar de qualquer crime cometido. Em 27 de maio de 2015, promotores federais suíços abriram uma investigação sobre corrupção e lavagem de dinheiro nas eleições das cidades-sede das edições de 2018 e 2022.

Em 7 de junho de 2015, foi anunciado que o Catar poderia perder o direito de sediar o campeonato, após denúncias de suborno. De acordo com Domenico Scala, representante da auditoria da FIFA, as denúncias surgiram após a divulgação do resultado da votação de eleição da cidade-sede. Porém, nenhum indício foi comprovado e o Catar foi confirmado como sede desta edição.

O Catar sofreu diversas criticas sobre as condições dos trabalhadores dos novos estádios para a competição, sendo que a Anistia Internacional referiu-se como trabalho escravo as condições dos trabalhadores, que sofriam abusos de direitos humanos, violando diversas regras da instituição.

Como foi do Catar para sediar a Copa 2022?

O processo de escolha para as sedes das edições de 2018 e 2022 iniciou em janeiro de 2009, e as associações interessadas tinham até 2 de fevereiro de 2009 para enviar a documentação necessária. Inicialmente, onze propostas foram recebidas pela FIFA, porém o México decidiu desistir do processo, e a candidatura da Indonésia foi rejeitada pela FIFA em fevereiro de 2010, após a Associação de Futebol da Indonésia não apresentar uma carta de garantia do governo indonésio para apoiar a candidatura.

No final, havia cinco propostas para a competição, a Austrália, Catar, Coreia do Sul, Estados Unidos e Japão. Os membros do Comitê Executivo da FIFA se reuniram em Zurique em 2 de dezembro de 2010 para votar e selecionar as sedes das duas edições. Dois membros foram suspensos antes da votação após alegações de corrupção em relação aos seus votos.

A vitória do Catar foi classificada como tendo alto risco operacional pela mídia estadunidense, australiana e britânica. Foi severamente criticada após os escândalos de corrupção na FIFA. O Catar é o menor país em área e população que irá sediar uma Copa do Mundo FIFA, superando a Suíça, que havia sediado em 1954.

*Com informações do Diário do Nordeste

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.