BUSCAR
BUSCAR
Declaração

‘Se pagar R$ 5 mil por mês, ninguém trabalha mais’, ironiza Bolsonaro sobre prorrogação do auxílio

Os contemplados no auxílio receberam cinco prestações de R$ 600 e quatro de R$ 300. Mulheres chefes de família tiveram direito a duas cotas. Portanto, as cinco primeiras parcelas foram de R$ 1.200
Estadão
07/01/2021 | 13:03

Pressionado para retomar o pagamento do auxílio emergencial, o presidente Jair Bolsonaro ironizou sobre a possibilidade de o governo estender para este ano a ajuda paga a desempregados, trabalhadores informais e beneficiários do Bolsa Família em 2020.

Em conversa com simpatizantes, um dos apoiadores disse a Bolsonaro que o chefe do Planalto recebeu muito apoio no interior do Amazonas após o pagamento do auxílio. O presidente, no entanto, evitou se comprometer com um benefício em 2021 e ironizou a situação afirmando que, se pagar R$ 5 mil por mês para a população, ninguém mais vai trabalhar.

Bolsonaro diz que comércio sem ‘viés ideológico’ é essencial para integrar o país à economia global
Jair Bolsonaro, presidente da República Foto: Evaristo Sá/ AFP

Os contemplados no auxílio receberam cinco prestações de R$ 600 e quatro de R$ 300. Mulheres chefes de família tiveram direito a duas cotas. Portanto, as cinco primeiras parcelas foram de R$ 1.200, enquanto as quatro últimas, de R$ 600.

“Qual país do mundo fez auxílio emergencial? Parecido foi nos Estados Unidos. Aqui alguns querem torná-lo definitivo. Foram quase 68 milhões de pessoas. No começo, foram R$ 600. Vamos pagar para todo mundo R$ 5 mil por mês, ninguém trabalha mais, fica em casa.”

Como mostrou o Estadão, ao menos 30 países criaram novos programas de transferência de renda ou fortaleceram os já existentes para tentar evitar uma tragédia social, conforme levantamento do Banco Mundial publicado em março de 2020.

Durante a pandemia de covid-19, o pagamento do auxílio emergencial reduziu momentaneamente os índices de pobreza e desigualdade. O fim do benefício, porém, pode levar o País de volta ao patamar da década de 1980 nesses índices, conforme o Estadão já noticiou. O auxílio emergencial foi pago para que trabalhadores informais e desempregados pudessem adotar o isolamento social e evitar a doença, medida criticada por Bolsonaro.

Na quarta-feira, 6, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), anunciou o fechamento de atividades na capital e a manutenção apenas de serviços essenciais a partir da semana que vem. Bolsonaro não citou diretamente nenhum prefeito ou governador, mas criticou a possibilidade de novas decisões como essa.

“Se começar a fechar tudo de novo, vai quebrar o Brasil. O Brasil vai se empobrecer. Um país pobre, de famintos, a gente não sabe o que vai acontecer”, afirmou o presidente. Mais uma vez, ele declarou que o País está “quebrado” por conta da crise no setor público, inclusive nos municípios.

Após o fim do socorro social, parlamentares pressionam a União a lançar uma nova rodada em 2021 ou turbinar o Bolsa Família, com Orçamento previsto de R$ 34,9 bilhões neste ano. Na quarta-feira, 6, o candidato à presidência da Câmara Baleia Rossi (MDB-SP) defendeu a volta do auxílio emergencial e ou um Bolsa Família maior. Baleia enfrenta o deputado Arthur Lira (PP-AL), apoiado pelo Palácio do Planalto, na disputa.

Como antecipou o Estadão, o governo tem uma proposta para reestruturar o Bolsa Família e incluir mais 200 mil famílias, mas a fila para ingressar no programa está em 1,3 milhão de famílias.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Taxação de importação até US$ 50 e Projeto Mover vão à sanção
PL 914/24 foi aprovado na Câmara por 380 votos contra 26
12/06/2024 às 11:30
Setor de serviços cresce 0,5% de março para abril no país, revela IBGE
É a segunda alta consecutiva do indicador
12/06/2024 às 10:31
Servidores do Inmet anunciam paralisação a partir de sábado 15; entenda as reivindicações
Serviços como previsão do tempo, monitoramento do tempo e emissão de avisos de meteorológicos estarão suspensos.
12/06/2024 às 10:06
Inquérito da PF conclui, novamente, que Adélio Bispo agiu sozinho ao atacar Bolsonaro
A conclusão foi exposta, em nota, pela corporação após novas investigações do caso
12/06/2024 às 08:42
Câmara acelera PL que permite suspender mandato de “brigões”
As medidas incluem a suspensão do mandato por até seis meses
12/06/2024 às 08:38
PIX deverá ter opção de pagamento por aproximação de celular, diz presidente do Banco Central
Roberto Campos Neto também defende diálogo entre países para que se avance em uma integração global de sistemas
12/06/2024 às 08:33
Nattan se machuca após se jogar na plateia durante show; veja vídeo
Show do cantor registrou o maior público da história do São João de Campina Grande
11/06/2024 às 15:23
Ensino médio pode ter maior carga horária, prevê relatório de senadora
Texto sugere, ainda, ensino da língua espanhola
11/06/2024 às 14:52
Revalida: inscrições para provas de habilidades clínicas terminam hoje
Testes serão aplicados nos dias 20 e 21 de julho
11/06/2024 às 12:42
Inflação de maio sobe para 0,46%, influenciada pelos alimentos
Calamidade no Rio Grande do Sul pressionou IPCA
11/06/2024 às 12:18
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.