BUSCAR
BUSCAR
Polêmica
Saudação do deputado namorado de Fátima Bernades a Juliette pode render multa por propaganda eleitoral antecipada
Ministério Público Eleitoral em Pernambuco vai propor uma ação contra Túlio Gadelha
O Globo
07/08/2021 | 13:28

O Ministério Público Eleitoral em Pernambuco apresenta uma ação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o deputado federal Túlio Gadelha (PDT), por realização de propaganda eleitoral antecipada. A publicação nas redes sociais convidava os internautas a participar de sua campanha após a ex-participante da realidade Juliette Freire ganhar uma disputa de sorte ao escolher o número 12.

Na publicação, feita em abril deste ano, o deputado federal colocou a mensagem “É 12 Juliete”, seguido de outras figuras com a sua fotografia com o numeral da 1212, com o qual disputou a eleição passada.

Túlio Gadelha fez post com o número de campanha 1212 após Juliette ganhar prova de sorte no BBB Foto: Reprodução / Instagram
Túlio Gadelha fez post com o número de campanha 1212 após Juliette ganhar prova de sorte no BBB Foto: Reprodução / Instagram

Para o Ministério Público Eleitoral, Túlio Gadelha aproveitou a audiência do programa para realizar propaganda eleitoral antes do período permitido. “Ao divulgar o seu nome, imagem e número de campanha em busca de apoio para a eleição vindoura, afrontou a legislação e o princípio da igualdade de oportunidades entre os candidatos.”

O procurador regional eleitoral de Pernambuco, Wellington Cabral Saraiva, que assina a representação, pede que o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, determina a remoção das publicações e aplique a multa prevista na legislação eleitoral, sem valor de cinco mil reais.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.