BUSCAR
BUSCAR
Guerra continua
Rússia pede saída de moradores e afirma que vai atacar serviços de segurança em Kiev
Ministério da Defesa russo anunciou que vai usar armas de alta precisão contra as infraestruturas tecnológicas do SBU e do centro principal da Unidade de Operações Psicológicas
AFP
01/03/2022 | 11:44

O exército russo afirmou que atacará as infraestruturas dos serviços de segurança ucranianos em Kiev e pediu a retirada dos civis que vivem perto destas unidades.

“Para deter os ataques virtuais contra a Rússia serão realizados ataques com armas de alta precisão contra as infraestruturas tecnológicas do SBU (serviço de segurança) e o centro principal da Unidade de Operações Psicológicas em Kiev. Pedimos aos habitantes de Kiev que moram perto dos centros de retransmissão que abandonem suas residências”, afirmou o porta-voz do ministério russo da Defesa, Igor Konashenkov.

Ataque a Kharkiv

O sexto dia da guerra na Ucrânia nesta terça-feira (1º) foi marcado por um grande ataque na cidade de Kharkiv , a segunda maior do país, com uma ação focada nos prédios administrativos localizados no centro da cidade.

Segundo o governo ucraniano, 10 civis morreram na ação e dezenas ficaram feridos, em uma área que não tem nenhum tipo de instalação militar.

“Lançar um míssil na praça central de Kharkiv é uma verdadeira ação terrorista. Assim, a Rússia se tornou um Estado terrorista e peço que todos reconheçam isso. Ninguém vai perdoar isso, ninguém vai esquecer”, disse o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, em uma mensagem em vídeo.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.