BUSCAR
BUSCAR
Adeus
Rompido com a família da rainha Elizabeth II, Harry deve ir ao velório do avô sem Meghan
Imprensa britânica especula que o príncipe vai tentar ir a Londres, mas sua esposa, que está grávida, talvez não possa viajar
R7
09/04/2021 | 15:42

Após mais de um ano afastados da família real britânica, Meghan Markle e o príncipe Harry ainda não se pronunciaram oficialmente sobre a morte do príncipe Philip, avô de Harry e marido da rainha Elizabeth II. Ele faleceu nesta sexta-feira (9), no Palácio de Buckingham.

O velório de Philip poderia marcar o reencontro do casal com a família real em um contexto delicado. Em março, Harry e Meghan deram uma entrevista à apresentadora norte-americana Oprah em que fizeram pesadas críticas à família real e acusaram a realeza britância de racismo.

A rainha reagiu e um comunicado oficial foi divulgado após a polêmica entrevista. “Toda a família está triste ao saber a extensão de quão desafiadores os últimos anos têm sido para Harry e Meghan. As questões levantadas, principalmente as de raça, são preocupantes. Embora algumas lembranças possam variar, elas são levadas muito a sério e serão tratadas pela família em particular. Harry, Meghan e Archie sempre serão membros da família muito queridos.”

Segundo a imprensa britânica, é muito improvável que os dois compareçam ao velório do duque de Edimburgo, que deve acontecer na próxima semana. Isso porque Meghan está grávida pela segunda vez, desta vez de uma menina, que deve nascer em junho e, com todas as restrições relacionadas à covid-19, não deve deixar a Califórnia.

O Daily Mail, no entanto, especula que Harry estaria se preparando para viajar de volta para Londres. Por conta da pandemia, seria necessário que o governo britânico emitisse uma permissão especial e ele teria de passar por uma quarentena de 10 dias, com possibilidade de redução para 5 caso ele faça um teste com resultado negativo. Outra saída pode ser fazer um teste antes de sair de Los Angeles e outro logo ao chegar ao Reino Unido.

Uma vez liberado, ele poderia ir ao velório, onde deve acontecer um reencontro constrangedor com o resto da família, especialmente os príncipes Charles e William, seu pai e irmão, após a entrevista que Harry e Meghan deram para a jornalista norte-americana Oprah Winfrey, denunciando episódios de racismo que ela passou.

“Harry fará de tudo para voltar ao Reino Unido e estar com sua família. Ele quer estar presente, especialmente pela avó, nestes tempos difíceis”, disse ao Daily Mail uma fonte próxima à família real, que não foi identificada. “Meghan, obviamente por conta da gravidez, vai precisar conversar com médicos para ver se pode viajar com segurança, mas acho que Harry virá”.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.