BUSCAR
BUSCAR
Rogério Marinho: “Petrobrás pensa que pode agir à margem da lei”

14/12/2011 | 16:55

O deputado federal Rogério Marinho (PSDB) criticou a atual situação da Petrobrás, que tenta dar continuidade as obras da Refinaria Abreu e Lima, no Recife, mesmo após o Tribunal de Contas da União apontar superfaturamento de R$ 1,4 bilhão no projeto.

A obra foi discutida na Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional, realizada nesta quarta-feira (14), quando a base governista tentou votar o relatório do Comitê de Avaliação de Obras e Serviços com Irregularidades (COI).

“Desde 2008, quando começaram os trabalhos na Abreu Lima, esta Casa recebe denúncias de problemas da Petrobras. A companhia parece que testa nossa paciência e pensa que pode agir à margem da lei”, disse o deputado Rogério Marinho, líder do PSDB na Comissão.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.