BUSCAR
BUSCAR
Estudo
RN tem maior aumento da área de seca em outubro, aponta ANA
De acordo com o levantamento, a climatologia da precipitação em outubro é baixa, e as chuvas observadas ficaram em torno da normal
Redação
24/11/2020 | 06:05

O mapa do Monitor de Secas da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) indica que sete Estados brasileiros registraram em outubro piora na condição de seca relativa na comparação com setembro. O Rio Grande do Norte teve o pior resultado do levantamento: alta de 50% ao longo do mês.

De acordo com o levantamento, a climatologia da precipitação em outubro é baixa, e as chuvas observadas ficaram em torno da normal. Isto fez com que houvesse um agravamento dos indicadores de seca no Rio Grande do Norte, principalmente por conta das altas temperaturas observadas neste período.

Assim, a seca fraca avançou por quase todo o Estado, excetuando a região extremo leste, que permaneceu sem seca. Também houve um pequeno avanço da seca moderada na divisa com a Paraíba. Predominantemente os impactos observados da seca são de curto prazo, excetuando algumas pequenas áreas do sul e sudoeste, onde tem se impactos tanto de curto como de longo.

O maior aumento na área com seca (50%) foi registrado no Rio Grande no Norte, que passou a ter 83% do seu território sob influência do fenômeno. Em geral, no Nordeste o cenário foi de expansão territorial da seca: Paraíba teve aumento de 38%; Alagoas, de 23%,;Ceará, de 17%; e Sergipe, de 14%.

Dos 19 Estados analisados, houve aumento da seca em Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe e Rio Grande do Sul. Os dados foram comparados com setembro. Por outro lado, 6 tiveram melhora no quadro (Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás e Distrito Federal), com redução da seca. Os outros ficaram em situação similar à do mês anterior.

A ANA disse que o destaque de outubro foi o “desaparecimento” da seca em 100% do território do Distrito Federal. Também tiveram redução na área com seca, em comparação com o mês anterior, o Rio de Janeiro, com diminuição de 37% do território coberto por seca, o Espírito Santo com 27% e Minas Gerais com 16%.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.