BUSCAR
BUSCAR
Salários
RN tem 5º mês seguido de saldo positivo na abertura de empregos
Cadastro Geral de Empregados e Desempregados mostra que o Rio Grande do Norte encerrou o mês de outubro com 13.840 admissões e 9.077 desligamentos, com saldo positivo de 4.763 vagas
Redação
27/11/2020 | 08:02

O Rio Grande do Norte fechou o mês de outubro com saldo positivo de 4.763 vagas de emprego com carteira assinada. O resultado consiste no quinto mês seguido de bons números na abertura de trabalho em 2020, segundo dados divulgados nesta quinta-feira 26 pelo Ministério da Economia.

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Rio Grande do Norte encerrou o mês de outubro com 13.840 admissões e 9.077 desligamentos contratuais, o que representa uma variação positiva de 1,13%. O saldo de outubro é o segundo melhor da série mensal em 2020. O recorde foi registrado em agosto, com 5.901 novos postos de trabalho criados. Em setembro, o número foi de 4.528 novas carteiras assinadas.

Ao longo de 2020, contudo, o balanço geral de empregos segue negativo. Com os números de outubro, o saldo total do ano é de 1.103 empregos perdidos entre os potiguares.

De acordo com os dados do Caged, os registros eram ruins ainda antes da crise sanitária da pandemia da Covid-19 afetar a economia brasileira. O período entre janeiro e maio terminou com resultados negativos. O pior mês foi abril, com um total de 9.518 postos de trabalho fechados no Rio Grande do Norte.

Pelo quarto mês consecutivo, o saldo de geração de empregos ficou positivo. Foram criadas 394.989 vagas com carteira assinada em outubro, resultado de 1.548.628 admissões e de 1.153.639 desligamentos.

O estoque, que é a quantidade total de vínculos ativos, em outubro chegou a 38.638.484, variação de 1,03% em relação ao mês anterior. No acumulado do ano, o saldo é negativo em 171.139, decorrentes de 12.231.462 admissões e de 12.402.601 desligamentos.

Dos cinco grandes grupamentos de atividades econômicas, quatro tiveram saldo positivo no emprego em outubro. O principal foi o setor de serviços, que abriu 156.766 novas vagas. No comércio foram criados 115.647 postos; na indústria, 86.426; na construção, 36.296.

Segundo Ricardo Valério , presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon), os números do Caged de outubro apontam para uma recuperação da economia potiguar. Ele avalia que os números positivos no saldo de empregos irão persistir no atual patamar até fevereiro.

“Há uma tendência de que o registro positivo continue no atual momento, com a alta das contratações temporárias iniciada em novembro, algo que deve seguir até fevereiro. O resultado mostra clara de recuperação da economia potiguar. Desta forma, é muito importante que o governo federal continue a estimular o crédito, com juros baixos, para uma retomada ainda mais consistente ao longo próximo trimestre. Haverá uma retração nos empregos a partir de março, com o fim dos contratos temporários, mas se espera uma recuperação gradativa ao longo dos meses, com um pico positivo superando os 3%”, encerra.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.