BUSCAR
BUSCAR
RN regista em março aumento de 46% no número de mortes em relação a 2020, aponta levantamento

05/04/2021 | 13:08

A pandemia da Covid-19 elevou em março os registros de óbitos em 46% ao se comparar com o mesmo período de 2020, aponta dados da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen). O mês foi fechado com 2.178 registros, contra os 1.489 de março do ano passado.

Com a evolução da doença, os dados dos cartórios mostram que o número de mortes se aproxima do de nascimentos no RN. Enquanto em 2020, segundo o levantamento, foram registrados em média 2,2 nascimentos para cada óbito. Hoje, esta relação está em 1,5 nascimento para cada morte. Em março deste ano, houve 3.304 nascimentos e 2.178 mortes.

O principal causador disso é a Covid-19. A doença é hoje a principal causa de mortes no Rio Grande do Norte, de acordo com a Arpen. Ao todo, foram 606 registros de óbitos feitos em cartórios.

O número difere dos dados da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), que contabiliza 817 potiguares mortos. A diferença se explica por conta dos prazos legais para a declaração de óbitos. A família tem até 24 horas após o falecimento para registrar o falecimento, sendo que o prazo que pode ser expandido para até 15 dias em casos específicos. Além disso, os cartórios têm até cinco dias para efetuar o registro de óbito e mais oito dias para atualizar os Central Nacional de Informações do Registro Civil.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.