BUSCAR
BUSCAR
Cultura
Ribeira ganha livro sobre iniciativas que seguem em atividade no bairro
"Enquanto eu existir" resulta de uma extensa pesquisa na Ribeira
Redação
05/12/2023 | 08:08

No livro “Enquanto eu existir”, Octávio Santiago combina jornalismo e literatura para destacar o que permanece ativo na cidade baixa. Apesar de muita discussão sobre a Ribeira passada e a desejada, pouco se aborda sobre a Ribeira atual: os negócios, serviços e iniciativas culturais que continuam a operar no bairro. Disponível para leitura a partir desta terça-feira 5, a publicação pretende mudar essa perspectiva.

“Enquanto eu existir” resulta de uma extensa pesquisa na Ribeira, mapeando o que ainda está presente no bairro, fornecendo informações sobre produtos, serviços, contatos e dinâmicas de funcionamento. Funciona como um catálogo, orientando visitantes, antigos e novos, e impulsionando a cidade baixa.

O jornalista Octávio Santiago, responsável pelos textos e curadoria, realizou uma pesquisa de cinco meses na Ribeira, fundindo jornalismo e literatura. O conteúdo da publicação abrange diversos setores, incluindo teatros, espaços culturais, ateliês, antiquários, peixarias, lojas de material de construção, oficinas, bares, bodegas e clubes de remo. Além disso, apresenta serviços em extinção, como o conserto de máquinas de escrever, e a arte contemporânea inspirada na Ribeira em Natal.

Os registros fotográficos são de Ian Rassari, conhecido por capturar detalhes com um olhar humanizado e sensível. As ilustrações são do estúdio criativo Casulo Cria, e o projeto gráfico e diagramação são de Danilo Medeiros, modernos e bem equilibrados entre textos e fotos.

“Enquanto eu existir” foi apoiado pelo edital de Economia Criativa de 2023 do Sebrae-RN, com o apoio cultural do Sistema Fecomércio-RN, Sesc-RN, Governo do Estado e Prefeitura de Natal. A publicação será distribuída gratuitamente em três pontos na Ribeira.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.