BUSCAR
BUSCAR
Luto
Repórter morre após ser picado por inseto e sofrer reação alérgica
Profissional trabalhava há quase 20 anos na assessoria de Comunicação da Secretaria da Segurança Pública do Tocantins
Metrópoles
14/06/2021 | 12:05

O repórter cinematográfico Dennis Tavares, de 41 anos, morreu na tarde deste domingo 13, em Palmas (TO), depois de sofrer um choque anafilático. Segundo o G1, o repórter teve a reação alérgica ao ser picado por um inseto.

Em nota, a Secretaria Estadual de Comunicação (Secom/TO) afirmou que o repórter trabalhava há quase 20 anos na assessoria de Comunicação da Secretaria da Segurança Pública do Tocantins. “O secretário Élcio Mendes e os servidores da Secom externam seus sentimentos aos familiares e amigos que, com pesar, sentem pela morte prematura de Dennis Tavares”, diz a nota.

O vice-governador do estado, Wanderlei Barbosa, também lamentou a morte do repórter. “Admirado pelos colegas pelo olhar instigante, com flashes que registraram importantes eventos da nossa Segurança Pública, com certeza deixará saudades e um legado de companheirismo e humildade”.

Dennis era casado e não tinha filhos.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.