BUSCAR
BUSCAR
Nasceu de novo
Recém-nascida é encontrada em bueiro com ajuda de gatos que não paravam de miar
Ao ouvirem os miados dos felinos, moradores foram averiguar o bueiro e encontraram a menina de poucos dias de vida
R7
18/11/2021 | 18:02

Uma recém-nascida foi resgatada de dentro de um bueiro na cidade de Mumbai, a mais populosa da Índia, no último fim de semana. Moradores foram alertados por um grupo de gatos que não paravam de miar perto da entrada do escoadouro de água, viram a criança e chamaram a polícia.

O caso aconteceu na madrugada do último domingo (14), em Ghatkopar, um bairro na região leste de Mumbai. Dois moradores notaram os gatos miando perto do bueiro e foram averiguar. Foi quando encontraram a criança, vestida apenas com uma camiseta e tremendo de frio.

“O bueiro tem cerca de 70 cm de espaço e fluxo de água bem constante. A bebê estava virada de lado, e seu choro já estava bem fraco. Achamos que ela tinha sido abandonada havia mais de uma hora. Quem a colocou lá dispôs tijolos cobrindo a entrada para ela não ser encontrada”, contou a policial Sheetal Sonawane, que fez o resgate.

Em entrevista ao jornal Times of India, a oficial relatou que a menina estava “gelada, com os bracinhos já azulados”. Sheetal, então, pediu um cobertor aos moradores. Em seguida, a recém-nascida foi levada a um hospital, onde segue internada. O estado de saúde da criança é considerado bom.

Ela ganhou o nome de Pari (que significa fada, em hindi). Assim que estiver melhor, a bebê será levada para adoção. A polícia anunciou a abertura de uma investigação para tentar encontrar os pais da menina, que poderão ser acusados de abandono.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.