BUSCAR
BUSCAR
Coluna Metrópole
PT no Rio Grande do Norte não quer pensar em 2018… ainda
Confira os destaques da Coluna Metrópole, publicada na edição desta terça-feira, dia 9 de maio de 2017, do Agora Jornal
Boni Neto
10/05/2017 | 04:40

O Partido dos Trabalhadores, que recentemente elegeu o ex-deputado estadual Júnior Souto para o cargo de presidente estadual da sigla, ainda não está pensando muito nas possibilidades para 2018, ano de eleições. A confirmação foi dada pelo próprio Júnior Souto, que explicou que, no momento, o partido está completamente focado em combater as reformas trabalhista e previdenciária propostas pelo presidente Michel Temer. O PT regional só deve começar a se concentrar nas eleições do ano que vem a partir de setembro, quando seus membros realizarão um evento de cunho nacional para criar estratégias. Muito embora não confirme, Souto admite o nome de Fátima Bezerra é de agrado à população petista para o governo do Rio Grande do Norte. Já para o Senado, ainda não há situações confirmadas. O que está garantido, contudo, é que o PT irá disputar 2018 “armado até os dentes” pelo fato de que vai tentar a candidatura majoritária.

Parnamirim: O prefeito Rosano Taveira (PRB) admitiu que tem lidado com um quadro difícil na gestão de Parnamirim. Ele, afinal, assumiu um cargo que já possuía R$ 14 milhões em dívidas. “Quase todos os gestores do país receberam prefeituras endividadas, e em Parnamirim não foi diferente”. Segundo Taveira, é inevitável que dívidas sejam transferidas para a gestão seguinte, pois há parcelamentos elásticos. Nas palavras do próprio: “Quando eu for passar o cargo, vou passar alguma dívida também, pois estou dividindo alguns débitos em até 60 meses. Meu mandato é só de 48 meses. Este parcelamento tem que ser feito”.

Macaíba: A paralisação das obras da “Reta Tabajara”, trecho da BR-304 nas proximidades do município de Macaíba, pelo Tribunal de Contas da União (TCU), tem tirado o sono dos norte-rio-grandenses. O órgão ainda não constatou qualquer irregularidade nas obras em sua auditoria, e a probabilidade é que não encontre. Caso seja assim, terá causado um prejuízo enorme para o estado. Isto porque, além do fator logístico (retirada das máquinas) e operacional (áreas de terraplanagem que podem ser destruídas por conta das crescentes chuvas), o Rio Grande do Norte perderá R$ 1 milhão para cada mês em que as obras permanecerem paradas. Para Macaíba, isto representa uma overdose no trânsito, já que os veículos que não passarem pela BR-304, serão obrigados a invadir e inchar o tráfego macaibense que não foi feito para suportar tal volume.

São Gonçalo do Amarante: As incertezas que rondam a pista do Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, fizeram com que a companhia aérea TAP Portugal suspendesse suas viagens de ida e volta ao Rio Grande do Norte durante o período em que o estado realizará obras de recuperação da pista do complexo aeroportuário – entre 10 de setembro e 15 de outubro. Em consequência, as vendas dos bilhetes no site da companhia aérea também estão suspensas, o que deve resultar em uma dor de cabeça maior para os que desejam viajar por um simples motivo: a TAP Portugal é a única companhia a realizar voos internacionais no estado.

Ceará-Mirim: A situação não está tranquila entre o prefeito de Ceará-Mirim, Marconi Barreto (PSDB) e a Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol (FNF), isto porque Marconi, que é presidente do Globo Futebol Clube, acusou o presidente da entidade, José Vanildo, de ter oferecido R$ 1 mil a cada atleta do Globo para vencer o América em jogo que valeu a quarta-rodada do Campeonato Potiguar, no fim de março, com o intuito, segundo Marconi, de provocar uma aproximação entre o presidente da FNF e o do Globo FC. Marconi, inclusive, avisou na última semana que iria entrar com ação para obrigar a entidade a discriminar o balanço da federação. A resposta da entidade foi se direcionar ao Ministério Público do Estado para entregar auto representação para explicar as acusações de Marconi e pedir que a Justiça tome as devidas providências contra o prefeito de Ceará-Mirim.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.