BUSCAR
BUSCAR
Entrevista
Psol tomará medidas para retomada da CPI da Arena das Dunas na Assembleia Legislativa
Sandro Pimentel disse que resultado final traz náuseas às pessoas sérias
Adenilson Costa
03/03/2022 | 10:00

“O Psol vai tomar providências”, declarou o dirigente nacional do Psol, Sandro Pimentel, informando que o partido procurará formas para garantir que a CPI da Arena das Dunas retorne seus trabalhos ou que, pelo menos, o relatório final elaborado pela deputada estadual Isolda Dantas (PT), tenha sequência prática, mesmo tendo sido rejeitado pelos membros da comissão, na semana passada. Ele afirmou que desde o início da CPI, encontrou desinteresses e dificuldades por parte de alguns parlamentares, a começar pelo ex-líder do governo Rosalba Ciarlini, o deputado Getúlio Rêgo, que sempre tentou obstaculizar tudo.

“É vergonhoso o que aconteceu na CPI Arena, pois além de retardar em muito os seus trabalhos da comissão, ainda decidem jogar no lixo tudo que foi feito. Diante das circunstâncias e de cada passo que vinha sendo tomado, era esperado sim esse banquete de pizza que, certamente, interessa a um grupelho, em detrimento dos interesses do povo potiguar. De fato, o resultado final traz náuseas às pessoas que são sérias e comprometidas com os interesses da sociedade”, desabafou Sandro.

AGORA RN – O Psol/RN vai tomar alguma providência sobre o encerramento da CPI da Arena das Dunas, sem que tenha acontecido a leitura e votação do relatório final?
Sandro Pimentel –
Primeiro, dizer que é vergonhoso o que aconteceu na CPI Arena das Dunas, pois além de retardar em muito os seus trabalhos, ainda decidem jogar no lixo tudo que foi feito, do ponto de vista da conclusão e encaminhamentos dos seus resultados. O Psol vai sim tomar providências, em nome dos interesses do povo potiguar. De minha parte, sei muito bem o quanto foi difícil eu conseguir garantir as assinaturas necessárias para aprovar essa CPI. Desde o início, encontramos desinteresse e dificuldades por parte de alguns em relação a sua apuração, a começar pelo ex-líder do governo Rosalba Ciarlini, o deputado Getúlio Rêgo (DEM), que sempre tentou obstaculizar tudo.

AGORA RN – Como e quando o Psol/RN pretende tomar essa providência?
Sandro Pimentel –
Brevemente, a nossa direção partidária tomará a decisão de quais caminhos deverão ser tomados, no sentido de tentar garantir que a CPI retorne seus trabalhos ou, que pelo menos, o relatório tenha sequência prática, mesmo sem ter sido aprovado ou rejeitado, com consequente responsabilização dos culpados.

AGORA RN – Psol pretende sugerir a continuação da CPI da Arena das Dunas que foi extinta?
Sandro Pimentel –
Solicitar uma nova CPI não faz muito sentido sem a nossa presença na Casa Legislativa, pois não vamos conseguir aprovar de forma alguma. Não esqueçamos que essa CPI foi iniciativa nossa e que mesmo com muitas dificuldades conseguimos, imagina sem nossa presença, não vamos conseguir de modo algum, mas em relação a sua continuidade, isso sim, acredito que devemos fazer, mas é uma decisão que cabe à minha direção partidária que certamente ouvirá o nosso jurídico.

AGORA RN – Como o senhor avalia o parecer da Procuradoria-Geral da Assembleia Legislativa, que entendeu que o prazo da CPI havia se esgotado?
Sandro Pimentel – Q
uando fui escolhido relator, logo tratei de solicitar uma equipe de minha confiança e isso incluiu um advogado de fora da Assembleia. Não li o parecer da procuradoria da Casa, mas se ela entendeu assim. Só tenho a lamentar, pois quando ocorreram mudanças no Regimento Interno da Assembleia, a CPI da Arena estava em curso, portanto, deveriam sim, prevalecer as novas alterações, pois ao contrário, já deveria ter se encerrada desde o ano passado, mas prosseguiu. Então o que justifica um parecer somente após a emissão do relatório conclusivo da CPI? É no mínimo estranho tudo isso.

AGORA RN – Em sua avaliação, quais os motivos que levaram os deputados Coronel Azevedo (PSC), Kleber Rodrigues (PL) e Tomba Farias (PSDB), a votarem a favor da extinção da CPI da Arena das Dunas?
Sandro Pimentel – A
credito que erraram feio, pois os interesses que devem prevalecer são os públicos e, nesse caso, não foi assim que aconteceu. Ora, se existiam dúvidas em relação ao tal parecer da procuradoria jurídica da Assembleia, que tivesse sequência e deixasse que quem se sentisse prejudicado que recorresse legalmente. Não deveriam ser os deputados a defender os interesses da Arena das Dunas e dos culpados pelas inúmeras irregularidades apontadas pelo Controladoria-Geral do Estado e pela CPI da Arena.

AGORA RN – Esse resultado era esperado da CPI da Arena das Dunas?
Sandro Pimentel –
A CPI do Arena das Dunas acabou em pizza! Todos sabem da batalha que travei na Assembleia Legislativa para que a investigação do contrato de construção e manutenção do estádio Arena das Dunas acontecesse. É vergonhoso e revoltante ficarmos sem resposta de todas as irregularidades que aconteceram. Diante das circunstâncias e de cada passo que vinha sendo tomado, era esperado sim esse banquete de pizza que, certamente, interessa a um grupelho, em detrimento dos interesses do povo potiguar. De fato, o resultado final traz náuseas às pessoas que são sérias e comprometidas com os interesses da sociedade. Essa é uma das razões da população em geral não acreditar mais em determinados políticos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.