BUSCAR
BUSCAR
Investimento
Projeto eólico de 1,5 bilhões no interior do RN irá gerar mil empregos diretos, segundo empresa
O início das atividades do Complexo Eólico Seridó está previsto para o começo de 2023
Redação
24/02/2022 | 09:11

A governadora Fátima Bezerra recebeu hoje (23) em seu gabinete a diretoria da Elera Renováveis, braço do grupo Brookfield focado em energias renováveis. A empresa apresentou o projeto da nova planta de geração eólica que irá executar em Parelhas nos próximos anos, com capacidade instalada de 247,5 MW. O Complexo Eólico Seridó é o segundo empreendimento da companhia no Rio Grande do Norte e terá investimentos que somam R$ 1,5 bilhões, gerando mil empregos diretos na fase de implantação.

“Mais investimentos, mais energia limpa e mais empregos para o povo do Rio Grande do Norte”, resumiu a governadora, demonstrando sua satisfação em receber o presidente e o vice-presidente da empresa, Fernando Mano e Carlos Augusto Andrioli, respectivamente.

“Coincidem as preocupações do Governo do Estado com as da empresa e na questão ambiental, na questão social com a população local. Portanto, é uma parceria muito saudável porque é mais investimento, mais emprego e renda para a população na região do Seridó”, disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado.

Os executivos explicaram que a Brookfield Asset Management, de origem canadense, está presente em 30 países e 5 continentes, operando em variados setores, entre eles os de energia e infraestrutura. No Brasil desde 1989, a empresa possui negócios em 20 estados, de norte a sul do país, com R$ 137 bilhões em ativos. A Elera Renováveis está focada nos investimentos em energias renováveis da Brookfield, que representam R$ 22 bilhões em investimentos e 1,9 GW em capacidade instalada no território nacional.

O Rio Grande do Norte já faz parte do portfólio da Elera, com o complexo Renascença (Renascença I, II e III e Ventos de São Miguel), na região de João Câmara, com capacidade instalada de 150 MW. O projeto do Complexo Seridó prevê uma geração ainda maior, de 247 MW, através da instalação de usinas de alta tecnologia da Vestas, com a qual já foi firmado contrato. Além disso, o parque estará localizado na região serrana de Parelhas, onde o fator de capacidade medido é de 60% – “o melhor do mundo”, como pontuou o vice-presidente Carlos Andrioli.

O presidente Fernando Mano detalhou o projeto: “Os investimentos já estão em curso. Estamos iniciando as obras e contando muito com apoio do Estado. Vamos investir R$ 1,5 bilhões ali na região. São mais de mil empregos diretos e vamos fazer investimentos também em projetos sociais, são pelo menos mais R$ 6 milhões de investimentos sociais e mais de R$ 20 milhões em questões ambientais.”

O início das atividades do Complexo Eólico Seridó está previsto para o começo de 2023. O diretor técnico do Idema, Werner Farkatt, disse que o órgão já trabalha em parceria com a Elera para iniciar a instalação das usinas. “Algumas licenças já foram emitidas. Nós estamos reemitindo a licença de instalação e estaremos emitindo até depois do carnaval a licença da subestação que também será implantada na área”, explicou.

Representando a Assembleia Legislativa, o deputado estadual Francisco do PT também esteve presente no encontro. “Participei, governadora, das discussões das primeiras ideias deste projeto ainda quando era prefeito do município de Parelhas, e estar aqui hoje com a senhora, com os representantes da Elera, com os secretários, Idema e Secretaria de Desenvolvimento Econômico presentes é motivo de muita alegria, em saber que o sonho está se materializando e o que o Governo do Estado é um parceiro importante nessa política de geração de renda, de emprego e de energia renovável para nossa região”, disse.

O raciocínio foi endossado pelo coordenador de desenvolvimento energético Hugo Fonseca (Sedec). “Isso garante que a região tenha capacidade de se desenvolver e também novos projetos estarão chegando na região. Esse projeto se soma aos demais, que até 2026 estarão tornando a região de Parelhas um dos polos a ser desenvolvido dentro do estado do Rio Grande do Norte. Isso é trabalho, é compromisso, é meta que o Estado vem trabalhando dentro da sua política energética comandada pela governadora Fátima Bezerra”, concluiu.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.