BUSCAR
BUSCAR
Tragédia
Princípio de incêndio fecha UTI de maternidade no RN, e recém-nascido morre durante transferência
Um bebê prematuro morreu durante a transferência dos recém-nascidos internados na unidade de terapia intensiva para outro setor da maternidade
Redação
20/11/2020 | 09:40

A maternidade Januário Cicco, na Zona Leste de Natal, registrou na noite da quinta-feira 20 um princípio de incêndio no setor de UTI neonatal. O fogo foi iniciado a partir de um curto-circuito da fiação do sistema de ar-condicionado. Um bebê prematuro morreu durante a transferência dos recém-nascidos internados na unidade de terapia intensiva para outro setor da maternidade.

Segundo a maternidade, a morte não está relacionada com o princípio. A morte do bebê prematuro, de acordo com informações da unidade hospitalar — que é vinculada à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) —, está relacionada com a condição clínicas da criança, considerada “extremamente delicada”.

No bebê não foi encontrada marcas de queimaduras.

O recém-nascido estava há quatro meses na maternidade utilizando medicação intravenosa desde que nasceu, após 24 semanas de gestação. No momento do incêndio, o bebê estava entubado logo abaixo do do ar-condicionado.

A unidade revela que os bebês que estavam nos outros leitos foram resgatados pela própria equipe medica, enquanto o Corpo de Bombeiros era acionado.

Após a atuação dos bombeiros, o fogo foi controlado, e os bebês transferidos passam bem.

Uma coletiva de imprensa foi marcada pela maternidade, às 11h30 desta sexta, para maiores detalhes do incidente.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.